27 / Maio / 2020

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

CBRE concretiza venda de edifício na zona industrial do bairro de Alvalade

12 de Dezembro de 2019 às 11:50:12

tamanho da letra:

Notícias

A CBRE concluiu venda do n.º 13 da Rua do Centro Cultural, na zona industrial do bairro de Alvalade, em Lisboa, em representação do vendedor, a Mylan, que pretendia alienar este ativo non-core.

Segundo explica em comunicado a CBRE “o processo de venda estruturado (…) gerou elevado interesse entre os investidores, tendo sido recebidas várias propostas de aquisição, todas dentro de um intervalo de preços bastante reduzido, refletindo o forte interesse dos investidores pelo ativo”.
O edifício foi adquirido pela Parinama, um family-office português que tem uma abordagem de investimento de longo-prazo no mercado imobiliário.
O edifício situa-se numa zona que tem estado relativamente fora do radar dos promotores imobiliários nos últimos anos, mas que se adivinha que venha a estar no foco da reabilitação urbana nos próximos.
Com uma arquitetura marcadamente industrial, o ativo estava afeto a um uso misto de armazém e escritórios nos pisos superiores, sendo composto por três corpos que totalizam 1.970 m² de ABC acima do solo e 740 m² abaixo do solo. O edifício foi vendido “as is”, não existindo à data qualquer processo de licenciamento em curso. Neste sentido, previamente a iniciar o processo de venda, através do Departamento de Development Properties da CBRE, a equipa de Building Consultancy da CBRE preparou uma DD urbanística, que estudou a capacidade edificativa do imóvel e os possíveis usos, “o que se mostrou crucial para o sucesso desta operação, pois permitiu aos investidores aferirem do potencial do imóvel em questão”, adianta-se no referido comunicado.
Miguel Paiva Couceiro, diretor de Development Properties da CBRE, sublinha que “esta transação é um excelente exemplo de como um processo estruturado de venda, envolvendo diferentes departamentos da CBRE, cria valor para os nossos clientes. Mostra também que a vaga de reabilitação urbana também está atenta a zonas fora dos eixos centrais de Lisboa, proporcionando valores de aquisição com significativo desconto relativamente aos registados nas zonas prime de Lisboa. Temos muita confiança nesta zona da cidade, onde estamos já a desenvolver outros processos e estamos seguros de que a curto-prazo este cluster industrial será convertido”, conclui.

 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.