11 / Dezembro / 2019

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

APPC divulga oportunidades para os projetistas e consultores portugueses na Argentina

02 de Agosto de 2019 às 09:58:12

tamanho da letra:

Notícias

Numa altura em que foi lançado o “Plan Nacional de Agua Potable e Saneamiento”, com investimentos previstos na ordem dos 11,5 mil milhões de euros, com o objetivo de alcançar 100% de cobertura de água potável, e que tem progredido o “Plan Nacional de Vivienda”, através do qual se projeta a construção de 120 mil unidades habitacionais, o que dinamizará o setor da construção, a Argentina é vista como uma nova geografia a explorar pelos projetistas e consultores portugueses.

Esta é a principal conclusão de um estudo levado a cabo pelo projeto “Engenharia e Arquitetura no Mundo”, liderado pela APPC – Associação Portuguesa de Projetistas e Consultores, com cofinanciamento no âmbito do Compete2020.
“O mercado atual das empresas de projeto e consultoria está ameaçado por questões como o novo Código dos Contratos Públicos, cuja má aplicação pode contribuir para a destruição da engenharia portuguesa, ou pela falta de investimento público em obras ambiciosas e estruturais. Nesse sentido, é também o nosso papel, enquanto associação representativa de 130 empresas com um volume de negócios anual de mais de 300 milhões de euros, encontrar geografias alternativas e potenciar o reconhecimento mundial que, por exemplo, os engenheiros portugueses, têm” afirma Jorge Meneses, presidente da APPC.
“O Engenharia e Arquitetura no Mundo é um projeto de consolidação das relações no espaço de língua portuguesa com, e entre, Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste, de modo a apoiar na criação de associações congéneres e contribuir para o desenvolvimento destes mercados, mas é também um projeto virado para a exploração de novas geografias” conclui.
O estudo ao mercado argentino, agora concluído, aponta outras oportunidades, designadamente: está em curso o plano de infraestruturas mais ambicioso do país; estão abertos inúmeros concursos de energia renovável; foi anunciado o projeto da Red de Expresos Regionales (Rede de Expressos Regionais), o maior plano de infraestruturas da história da cidade de Buenos Aires;o governo argentino lançou o Programa de Transformación Productiva, um programa para ajudar as empresas que procuram melhorar a sua competitividade, e tem apostado em transformar o clima de negócios no país mais apetecível e seguro para os investidores através de medidas de proteção ao investidor.
O estudo permite aos intervenientes no mercado ter informação sobre a Argentina, desde a identificação de oportunidades até à caracterização da fileira da Construção, Engenharia e Arquitetura, passando pela listagem de entidades que podem facilitar o processo de internacionalização das empresas. 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.