21 / Agosto / 2019

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Linha de 100 milhões para Seguro Caução dedicada ao Setor já está em vigor

24 de Julho de 2019 às 16:22:44

tamanho da letra:

Notícias

As empresas do setor da Construção e Obras Públicas têm agora disponível uma Linha dedicada de Seguro Caução para Obras no Exterior com Garantia do Estado, no valor de 100 milhões de euros.

O lançamento oficial desta nova Linha, gerida pela COSEC no âmbito do Sistema dos Seguros de Créditos com Garantia do Estado (SCGE), decorreu no passado dia 24 de julho, numa cerimónia que contou com a presença do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, e do secretário de Estado da Economia, João Neves. Na mesma ocasião, as associações representativas do Setor, designadamente a AECOPS e a AICCOPN, entre outras, assinaram protocolos para a divulgação desta Linha de Seguro Caução junto dos respetivos associados.
A criação desta nova Linha de Seguro Caução para Obras no Exterior com Garantia do Estado, que abrange a generalidade dos mercados, à exceção dos países da União Europeia, enquadra-se no Programa Capitalizar Mercados Externos e no Programa Internacionalizar, estabelecidos pelo Governo. As candidaturas podem ser, desde já, feitas online, através de scge.cosec.pt.
“O setor da Construção e Obras Públicas é neste momento um dos mais internacionalizados da economia, estando as empresas portuguesas a ganhar uma importante presença em diversos mercados externos. Esta Linha de Seguro Caução tem por objetivo facilitar, em especial, às PME e MidCap do Setor, o acesso a projetos internacionais, através da obtenção de garantias bancárias normalmente exigidas”, referiu sobre o novo instrumento Maria Celeste Hagatong, presidente do Conselho de Administração da COSEC. 

Protocolos para divulgação e cooperação

Durante a sessão e conforme já referido, a COSEC assinou protocolos com a AECOPS – Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços e com a AICCOPN – Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas protocolos com vista à divulgação e a com vista à divulgação desta Linha de Seguro Caução junto dos respetivos associados. 
Para além disso, foram igualmente assinados protocolos de colaboração com onze instituições financeiras: Caixa Geral de Depósitos, Banco BPI, Banco Comercial Português (Millennium bcp), Banco Santander Portugal, Bankinter – Sucursal em Portugal, BBVA Portugal, Caixa de Crédito Agrícola Mútuo, Caixa Económica do Montepio Geral, EuroBic, Montepio Investimento, Novo Banco.
“Estes protocolos reforçam a divulgação desta ferramenta para as empresas. No caso das instituições financeiras, para além da divulgação da Linha junto dos seus clientes, pretendem estabelecer bases de colaboração na montagem de operações em que seja requerido o recurso a esta Linha”, acrescentou Maria Celeste Hagatong. 
A COSEC tem já estabelecido um plano de trabalho com estas associações e as instituições financeiras, com o objetivo de realizar sessões de formação e esclarecimento sobre esta Linha. 

Construção representa 6,1% das exportações nacionais

Recorde-se que o setor da Construção atingiu, em 2017, um volume internacional de negócios de cerca de 5 mil milhões de euros, o que representa um valor equivalente a 15,7% das exportações nacionais (excluindo o Turismo).
Considerando apenas a atividade internacional das empresas portuguesas nos mercados internacionais de construção em 2017, verifica-se que a mesma foi distribuída por 35 países e continuou centrada nos mercados de África e da América Central e do Sul. 
No continente Africano, observou-se um crescimento de 10% do volume de negócios das empresas, para 2.438 milhões de euros, mantendo-se como a região do mundo com maior peso no volume de negócios das empresas portuguesas de construção nos mercados internacionais, 48,2%. 
A América Central e do Sul foi a região onde se verificou um maior dinamismo, ao registar um crescimento de 22% face a 2016, elevando do volume de negócios das empresas para 2.094 milhões de euros. 

Seguradora especializada nos ramos do seguro de créditos e caução

A COSEC é a seguradora líder em Portugal nos ramos do seguro de créditos e caução, oferecendo soluções para apoio à gestão e controlo de créditos, bem como garantias de seguro caução. 
A Companha é, desde a sua constituição, em 1969, responsável pela gestão do Sistema de Seguro de Créditos com Garantia do Estado português, para apoiar as empresas na sua exportação e internacionalização para países de risco político agravado. 
A empresa tem capitais privados repartidos equitativamente pelo Banco BPI e pela Euler Hermes, especialista em seguro de créditos.
“A sinergia operacional existente entre a COSEC e o seu acionista Euler Hermes é particularmente relevante ao nível da gestão de risco e das recuperações. Através do acesso à rede Euler Hermes, presente em mais de 52 países, a COSEC tem acesso às melhores fontes de informação, à maior rede internacional de analistas de risco e dispomos ainda de uma equipa internacional responsável pela cobrança local dos créditos nestes mercados”, salienta a seguradora em comunicado.





Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.