22 / Setembro / 2019

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Antas da Cunha ECIJA assessora Mexto na reabilitação de três edifícios em Lisboa

16 de Julho de 2019 às 10:41:26

tamanho da letra:

Notícias

A Antas da Cunha ECIJA, sociedade de advogados, está a assessorar a empresa suíça de investimento imobiliário Mexto na aquisição e reabilitação de três edifícios na região de Lisboa: Avencas Ocean View Residence, Rodrigo da Fonseca 43 e Eduardo Coelho 26.

O objetivo será desenvolver projetos de primeira habitação através de trabalhos de reabilitação em três edifícios históricos: um do início do século XX (Avencas Ocean View Residence, que outrora foi a residência de Verão do Cardeal Patriarca de Lisboa) e dois do século XIX (Rodrigo da Fonseca 43 e Eduardo Coelho 26).
“A Antas da Cunha ECIJA está a prestar serviços de auditoria na aquisição, trabalhos de reabilitação e venda das casas dos três edifícios da Mexto, em Lisboa. Este projeto é mais uma confirmação do contexto favorável que o setor imobiliário vive em Portugal, nomeadamente para investidores estrangeiros, como é o caso da Mexto. Para a Antas da Cunha Ecija, este negócio simboliza uma prova de confiança no nosso trabalho e estamos, por isso, muito satisfeitos por ter sido parte ativa nesta operação”, destaca João de Moraes Vaz, associado do departamento de Direito Imobiliário e Urbanismo da Antas da Cunha ECIJA, responsável pela transação. 
A Mexto é uma das maiores construtoras suíças, com um volume de projetos avaliado em 140 milhões de euros e uma área de construção de 26.275 m2. Atualmente, tem sete projetos em desenvolvimento em Portugal.


Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.