22 / Outubro / 2019

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

OTIS apresenta soluções para edifícios de alvenarias antigas

15 de Julho de 2019 às 16:34:30

tamanho da letra:

Notícias

A OTIS apresentou, no passado dia 12, no LNEC, em Lisboa, case studies de implementação de elevadores em projetos de Reabilitação Estrutural de Alvenarias Antigas.

A multinacional detém uma solução exclusiva com um elevador monofásico, e ainda, produtos como o elevador Gen2 Switch Solar e o Gen2 Flex+, que se adaptam aos projetos de reabilitação dos edifícios de alvenarias antigas. A iniciativa foi organizada pela APRUPP, Associação Portuguesa para a Reabilitação Urbana e Proteção do Património, em coorganização com o Laboratório Nacional de Engenharia Civil e com o a participação de Filipe Rio, comercial OTIS e Alice Costa, presidente da APRUPP.  
 “A OTIS é pioneira e a única empresa no setor que apresenta esta solução, um elevador monofásico com uma potência mínima de 220 V e 500 W, e que, ainda tem, a particularidade de poder fazer 100 viagens em caso de falta de eletricidade, ou se estiver ligado a painéis fotovoltaicos torna-se um elevador autossuficiente, possibilitando uma reabilitação eficiente”, destaca- se em comunicado emitido após a realização do evento. 
 A criação de estruturas que vão ao encontro das necessidades do edifício são de “extrema importância e a experiência e know-how da OTIS consiste na compreensão deste tipo de projetos e apresenta-se como um parceiro com soluções de mobilidade que permitem responder aos requisitos específicos da reabilitação. Os projetos de reabilitação são transversais a vários setores, nomeadamente o residencial e comercial (escritórios e hotelaria)”, acrescenta-se ainda na referida nota de imprensa  
 Na reabilitação deste tipo de edifícios, Filipe Rio, Comercial OTIS, salienta a importância de “garantir o levantamento rigoroso e exaustivo das necessidades do edifício, garantir uma eficaz planificação coordenação e acompanhamento das diversas atividades e garantir a sensibilização aprendizagem responsabilização dos intervenientes da obra.”

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.