19 / Outubro / 2019

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2019 recebe candidaturas até 8 de fevereiro

24 de Janeiro de 2019 às 10:42:20

tamanho da letra:

Notícias

A fase de candidaturas à sétima edição do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana termina no próximo dia 8 de fevereiro.

Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2019 volta a contar com o Alto Patrocínio do Governo de Portugal e, no campo corporativo, recebe, também uma vez mais, o apoio da Secil. A Vida Imobiliária e a Promevi são as entidades coorganizadoras do Prémio, cuja cerimónia de entrega está prevista para abril. 
No âmbito da atual edição, estão já a concurso neste momento projetos de habitação, escritórios e turismo situados nas cidades Lisboa, Porto, Braga e Matosinhos, com a organização a antecipar um volume de candidaturas em linha com a anterior edição, que manteve o pico de 80 projetos candidatos oriundos de mais de duas dezenas de concelhos. 
Poderão candidatar-se ao Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2019 todos os projetos de reabilitação urbana cuja licença de utilização tenha sido emitida entre 1 de janeiro de 2017 e 31 de dezembro de 2018, e que não tenham sido candidatos em edições anteriores.
O Prémio Nacional de Reabilitação Urbana será atribuído em 10 categorias: Habitação, Comércio & Serviços, Turismo, Impacto Social, Eficiência Energética (atribuído pela ADENE), Reabilitação Estrutural, Restauro, Intervenção Inferior a 1.000 m2; Cidade de Lisboa e Cidade do Porto. 
Os vencedores serão eleitos por um júri independente, constituído por cinco personalidades das áreas da Economia, Imobiliário, Arquitetura, Engenharia e Património. Na atual edição, integram o painel de jurados o economista João Duque, os arquitetos João Santa-Rita e João Carlos Santos, bem como os engenheiros Manuel Reis Campos e Vasco Peixoto de Freitas. 
A iniciativa reúne um vasto apoio do setor empresarial, institucional e da sociedade civil. A Schmitt+Sohn Elevadores, a Savills Aguirre Newman e o Santander Totta, são as empresas que patrocinam esta iniciativa na categoria platina. Na fileira institucional, o IMPIC, a CPCI, a Ordem dos Arquitectos, a Ordem dos Engenheiros, a União da Misericórdias Portuguesas, a ALP e a APPPII são as entidades que apoiam o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana. 
Lançado em 2013, este Prémio tem como objetivo reconhecer, premiar e divulgar a excelência na renovação das cidades Portuguesas e afirma-se atualmente como uma prestigiada distinção na área da reabilitação do edificado e requalificação dos territórios em Portugal. 



Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.