18 / Dezembro / 2018

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Signify fornece iluminação conectada para 15 pontes icónicas de Londres

30 de Novembro de 2018 às 11:19:58

tamanho da letra:

Notícias

A Signify, especialista em iluminação, foi escolhida como parceira de iluminação conectada para assegurar a iluminação de 15 pontes icónicas de Londres, até 2022.

A decisão foi tomada pela Illuminated River Foundation, com o objetivo de revigorar as famosas pontes sobre o rio Tamisa. A Signify ganhou o contrato para fornecer o sistema Interact Landmark e as luminárias Philips Color Kinetics LED para iluminar as pontes com efeitos de iluminação dinâmicos e artísticos, através do seu software gerido centralmente. Adicionalmente, a Signify vai também fornecer serviços de ciclo de vida para gerir e monitorizar remotamente a iluminação conectada das pontes durante os próximos 10 anos.
Esta é a primeira vez que existe uma estratégia holística para iluminar todas as pontes do centro de Londres. O objetivo desta iniciativa é criar uma experiência visual a vários níveis para as pontes, que seja visível para os pedestres que circulam nas pontes, das margens do rio, do ar, de edifícios altos e a partir dos barcos. O projeto está a cargo da Illuminated River Foundation, que organizou um concurso de design internacional para escolher um responsável pelo design da iluminação. O vencedor foi o artista internacional Leo Villareal e os arquitetos londrinos Liftschutz Davidson Sandilands. Após um processo de avaliação, a Signify foi escolhida para este projeto “devido à sua dimensão global e expertise em iluminação, assim como pela sua capacidade de desenvolver um projeto de iluminação conectada a esta escala. Outro fator determinante para a escolha da Signify foi a experiência da empresa em trabalhar com designers e arquitetos de iluminação na gestão da dinâmica e arquitetura dos cenários de iluminação”, lê-se em comunicado.
“As pontes de Londres são conhecidas mundialmente, mas não estavam a ser aproveitadas em termos do seu potencial para transformar a cidade à noite,” afirmou Sarah Gaventa, diretora da Illuminated River Foundation. “O que estamos a fazer neste momento, em parceria com a Signify, ao transformar as pontes e as margens do rio, é completamente inovador. Estamos a utilizar pela primeira vez iluminação LED eficiente em 15 pontes de Londres que, com o sistema Interact Landmark da Signify, permite criar arte pública numa escala nunca antes vista.”
A primeira fase do projeto terá quatro pontes iluminadas, durante o primeiro semestre de 2019, com as luminárias Philips Color Kinetics LED a serem utilizadas na famosa London Bridge, na Canon Street Railway Bridge, Southwark Bridge e na Millennium Bridge. O sistema Interact Landmark da Signify fará a gestão e monitorização remota da iluminação destas quatro pontes. Pela primeira vez, a Canon Street Railway Bridge estará iluminada, assim como os topos e as bases das restantes três pontes. Tal facto permitirá efeitos de iluminação tridimensionais, para melhorar as áreas circundantes e torná-las mais seguras.

Cinco factos sobre o projeto da Illuminated Rivers

1. O projeto Illuminated River será a comissão de arte pública mais longa em todo o mundo, com mais de 4 quilómetros de comprimento, o equivalente a 44 campos de futebol estendidos ao longo de 4,5 milhas náuticas no rio Tamisa. O sistema Interact Landmark da Signify fará a gestão centralizada da nova iluminação conectada deste projeto.
2. Serão usados mais de 22.000 pontos de luz LED Philips Color Kinetics, exibindo mais de 16 milhões de cores, para criar efeitos de iluminação dinâmica em 15 pontes de Londres: London Bridge; Southwark Bridge; Cannon Street Bridge; Millennium Bridge; Blackfriars Railway Bridge; Golden Jubilee Bridge, Waterloo Bridge; Blackfriars Bridge; Lambeth Bridge; Vauxhall Bridge; Westminster Bridge; Grosvenor Bridge; Chelsea Bridge; Albert Bridge; Tower Bridge.
3. Desde os tempos medievais que existe uma ponte no local onde se situa a London Bridge ou nas suas imediações. Esta ponte icónica tem o pavimento aquecido para prevenir a formação de gelo nos dias mais frios.
4. A Millenium Bridge é a ponte pedestre mais recente em Londres em mais de um século e foi pensada como uma “lâmina de luz” ao longo do Tamisa, ligando a St Paul Cathedral à Tate Modern e o Globe Theatre na margem sul. Em conjunto com a Foster & Partners, o arquiteto da Millenium Bridge, a Signify irá iluminar pela primeira vez a base da ponte, criando luz adicional para exibir a lâmina de luz ao longo do rio.
5. Todos os anos há mais de 200 milhões de travessias nas 15 pontes de Londres.
“A iluminação é um dos meios mais poderosos para trazer nova vida às cidades e áreas metropolitanas, anunciando uma nova era de beleza e design urbano. Iluminámos pontes em todo o mundo e assistimos em primeira-mão ao impacto positivo da iluminação dinâmica a transformar as comunidades e economias locais. É fantástico proporcionar às pessoas de Londres pontes com uma iluminação úica, algumas delas iluminadas pela primeira vez,” disse Maria-Letizia Mariani, Presidente da Signify Europe.
A Signify compromete-se a ajudar as cidades a desenvolver negócios eco-friendly e locais turísticos icónicos. Ao fazer a mudança para tecnologia LED conectada, obtém-se uma poupança de cerca de 50-70% no consumo anual de eletricidade em iluminação arquitetónica, em comparação com iluminação convencional.
O software vai detetar e gerir falhas e executará diagnósticos e manutenção remotamente, melhorando a gestão de ativos e, consequentemente, reduzindo custos. No total, nas 15 pontes estarão mais de 13.000 luminárias, que serão controladas individualmente ou centralmente para criar cenários únicos. Os cenários poderão ser criados para assinalar ocasiões especiais como o nascimento de um bebé da família real ou um evento como a passagem de ano.

Uma instituição de caridade e um líder em iluminação

A Illuminated River Foundation, uma instituição de caridade independente, foi criada para entregar a maior obra de arte pública, a Illuminated River. A Fundação está empenhada em angariar fundos privados para a instalação e manutenção do projeto, e já recebeu fundos de Lisbet Rausing e Peter Baldwin através da Arcadia, da The Rothschild Foundation e da Blavatnik Family Foundation. A angariação de financiamento foi concedida pelo Gabinete do Mayor de Londres e pela City of London Corporation.
A Illuminated River é apoiada pelo Mayor de Londres e gerida por um conselho independente de trustees liderados por Neil Mendoza, Diretor do Landmark Trust e Membro Não Executivo da Administração da DCMS. A Fundação é liderada pela curadora Sarah Gaventa, antiga diretora do CABE Space na Comissão para a Arquitetura e Ambiente.
A Signify (Euronext: LIGHT) é um dos líderes mundiais em iluminação para profissionais e para consumo, e iluminação para a Internet das Coisas. “Os nossos produtos Philips, os sistemas de iluminação conectados Interact e serviços habilitados por dados, fornecem valor para os negócios e transformam a vida nas casas, edifícios e espaços públicos”, afirma-se no referido comunicado. Com vendas de 7.000 milhões de euros em 2017, a empresa tem cerca de 30.000 colaboradores em mais de 70 países.

 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.