16 / Novembro / 2018

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

InterCement vende Cimpor a grupo turco

26 de Outubro de 2018 às 14:32:54

tamanho da letra:

Notícias

A InterCement e a Cimpor assinaram com o Grupo OYAK um contrato que tem como objeto a aquisição de todos os ativos que compõem a sua Unidade de Negócio de Portugal e Cabo Verde.

Através desta aquisição, a OYAK Cement, subsidiária do grupo com o mesmo nome, integrará no seu portfolio as três fábricas e as duas moagens de cimento, as 20 pedreiras e as 46 centrais de betão da Cimpor localizadas em Portugal e em Cabo Verde.
O OYAK (Ordu Yardýmlaþma Kurumu) é o primeiro e maior fundo de pensões (‘second tier’) na Turquia. Fundado em 1961, é líder em investimentos estratégicos em setores lucrativos e de crescimento continuado de diversas indústrias como o cimento e a betão, a exploração mineira e a metalúrgica, o automóvel, a energia e o sector químico, a agricultura, a logística, as finanças e a alumina especializada. Emprega atualmente cerca de 30 mil pessoas em 19 países, e registou, em 2017, um volume de negócios de 10,2 mil milhões de dólares.
A sua subsidiária OYAK Cement conta com 7 fábricas integradas de cimento, 3 moagens de cimento, 45 centrais de betão pronto localizadas na Turquia, com uma capacidade anual de produção de 12 milhões de toneladas. Líder de mercado na Turquia, “é uma referência no desenvolvimento de soluções inovadoras para a utilização de cimento, orientadas por critérios de eficiência, criatividade e rentabilidade, bem como pela sua atuação sustentável e responsável em termos ambientais e comunitários”, afirma-se em comunicado. “No âmbito da sua estratégia de internacionalização, a OYAK Cement  identificou o potencial de integração da Cimpor Portugal e Cabo Verde, valorizando, em particular, o seu know-how, capacidade operacional, a escala, o posicionamento geográfico e a sua capacidade exportadora”, explica-se no mesmo documento.
Esta aquisição, que está sujeita à aprovação das Entidades da Concorrência competentes, contempla a manutenção das estruturas humanas atuais das áreas produtivas e dos serviços centrais da Cimpor em Portugal e Cabo Verde.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.