16 / Novembro / 2018

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Fortera investe 200 milhões em construção e reabilitação no Grande Porto

22 de Outubro de 2018 às 16:42:33

tamanho da letra:

Notícias

A Fortera Properties, empresa que atua no ramo imobiliário de luxo, vai investir cerca de 200 milhões de euros na área do grande Porto, na reabilitação de edifícios e novas construções para habitação e hotelaria.

Um dos primeiros projetos da Fortera Properties na Campanhã

A empresa, que iniciou em 2012 o estudo de investimento imobiliário no Porto e Grande Porto, só muito recentemente iniciou o ciclo de investimentos, contando hoje com projetos realizados, em curso e em fase de arranque, nas zonas da Boavista, Santo Ildefonso, Campanhã, Nevogilde, Senhora da Hora e Espinho.
O investimento previsto no setor hoteleiro, onde a empresa atuará com um parceiro israelita, é de 150 milhões de euros para os próximos 5 anos, sendo que já em 2019 arrancam os dois primeiros projetos de recuperação de hotéis no centro da Invicta, um com 130 e o outro com 200 quartos, avança-se em comunicado.
No que toca à habitação, a Fortera Properties vai atuar tanto em pequena escala (de que é exemplo um edifício de 8 apartamentos de Santa Catarina), como em grande escala (como é o caso do projeto de Espinho, onde serão construídas 38 frações de luxo, com um investimento total de 7,5 milhões de euros). “O mercado imobiliário português está muito competitivo mas ainda em crescimento, pelo que há ainda muitas oportunidades em aberto no setor e queremos continuar a nossa política de crescimento em Portugal a partir do Porto”, assegura Elad Dror, CEO da Fortera Properties.
A Fortera Properties foi fundada em 2015, estando as suas grandes áreas de atuação centradas na aquisição de imóveis para construção de raiz ou reabilitação de espaços para fins hoteleiros ou residencial. A atividade iniciou-se a Norte, no grande Porto, mas é na cidade Invicta e em Espinho que incidem, por enquanto, os principais investimentos, particularmente nas zonas da Boavista, Santo Ildefonso, Nevogilde e Campanhã. Atualmente, tem já vários projetos concluídos e comercializados, sendo que será em 2019 que a grande maioria dos projetos residenciais e os primeiros dois grandes investimentos hoteleiros estarão concluídos.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.