16 / Dezembro / 2018

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Vigobloco disputa Troféus Luso-Franceses 2018

17 de Setembro de 2018 às 15:11:20

tamanho da letra:

Notícias

A Vigobloco, empresa familiar com 31 anos de atividade na fabricação e montagem de produtos de betão para a construção, é uma das 18 finalistas aos Troféus Luso-Franceses 2018, iniciativa que procura reconhecer o esforço e o sucesso de empresas portuguesas e francesas no desenvolvimento de estratégias e investimentos em Portugal e França.

Num momento em que a troca comercial entre estes dois mercados continua a crescer, a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa (CCILF) acaba de anunciar as 18 empresas finalistas à 25.ª edição destes Troféus, nomeadas por um júri independente, composto por representantes da AICEP Portugal Global, IAPMEI, Conselheiros do Comércio Exterior, empresários, patrocinadores e parceiros do evento.
A par da Vigobloco, que se dedica à conceção, produção e montagem de soluções pré-fabricadas em betão, designadamente estruturas pré-fabricadas para pontes e viadutos, edifícios industriais, comerciais e habitacionais para o mercado nacional e internacional, as outras empresas nomeadas para o Troféu Exportação são a Domingos Diniz & Filhos, empresa que se dedica ao fabrico de e venda de alçapões técnicos, e a Novadelta, responsável pela marca Delta Cafés. O Troféu PME, por seu turno, vai ser disputado pela Domingos Diniz & Filhos, Mediapost, empresa de prestação de serviços de distribuição postal, e Space Inverters, que se dedica ao design e arquitetura. 
Já na categoria Investimento as empresas nomeadas são a Lauak Portugal, que opera no setor da produção de componentes para a indústria aeronáutica, a Natixis (sucursal em Portugal), com atividade de programação informática, e a Purever Industries, SGPS, fabricante de produtos de isolamento e refrigeração.
O Troféu Inovação conta com a participação da Cobermaster, indústria transformadora metálica, Novadelta e Vista Alegre, fábrica de porcelana portuguesa.
As selecionadas para o Troféu Desenvolvimento Sustentável são a Blu Karb Portugal, produção de carvão de madeira, reflorestação, a Extruplás, que recicla e produz produtos de plástico, e a Novadelta.
No Troféu Startup, os nomeados são Eotim Unipessoal, empresa de recrutamento, Lisbob, startup que presta apoio à expatriação, e Luxury Clovers, que se dedica à construção modular.
Será ainda atribuído um Troféu do Júri. 
Os vencedores vão ser conhecidos na Gala dos Troféus 2018, a ter lugar no Sud Lisboa, a 27 de setembro. A cerimónia será presidida pelo ministro da Economia, Caldeira Cabral, Jean Michel Casa, embaixador de França em Portugal, e Jorge Torres Pereira, embaixador de Portugal em França. 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.