15 / Outubro / 2018

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Dos Puntos instrui JLL para gestão e comercialização de 28.000 m2 de escritórios em Lisboa e Porto

17 de Abril de 2018 às 16:13:03

tamanho da letra:

Notícias

A JLL foi selecionada para dinamizar o portefólio de escritórios em Portugal detidos pela imobiliária espanhola Dos Puntos Asset Management, que abrange 27.884 m2 distribuídos por cinco edifícios localizados em Lisboa e no Porto.

A JLL será responsável pela gestão operacional e estratégica destes imóveis e pela comercialização dos espaços ainda disponíveis, num duplo mandato que inclui os departamentos de Property & Asset Management e de Office Agency.
Miguel Kreiseler, diretor de Property & Asset Management da JLL, manifesta a sua satisfação com este mandato, “que é um reforço importante para a nossa carteira sob gestão. Vamos estar focados em maximizar a performance operacional destes imóveis, garantindo uma ocupação eficiente aos inquilinos e a máxima valorização do ativo para o proprietário”.
Mariana Rosa, diretora de Office Agency da JLL, acrescenta que em causa estão “ativos de excelente qualidade e muito bem localizados nas zonas prime do Porto e de Lisboa. Estes atributos, associados à crescente procura de espaços modernos e centrais que se sente nestes dois mercados, levam-nos a acreditar que a comercialização dos poucos escritórios ainda disponíveis no portefólio vá decorrer a muito bom ritmo”.
O portefólio é composto, no Porto, pela Torre Burgo e Centro Burgo, ambos na avenida da Boavista. O primeiro tem cerca de 11.425 m2 de escritórios, acolhendo inquilinos como a KMPG, a Lufthansa, a Gestifute, a Accenture, a Ocidental Seguros/AGEAS ou a Iberdrola Generacion. Já o Centro Burgo combina 1.258 m2 de área comercial com 2.843 m2 de escritórios, com inquilinos como a L’Oreal, a Carat Portugal, a VP Consulting ou a Randstad.
Em Lisboa, integra a carteira o edifício Duque de Loulé 106, na avenida com o mesmo nome, com 3.772 m2 de escritórios, onde estão já empresas como a Hipoges, a Stock Uno ou a Volters Kluwer Financial Services. Na rua Duque de Palmela, nº11, o imóvel está ocupado (4.738 m2) pela Generali, e na zona do Parque das Nações, o edifício Meridiano (cerca de 1.021 m2), acolhe a Udra, a CSJ e a Shamir Optical, esta última no espaço comercial. O portefólio contempla ainda o estacionamento público integrado neste último imóvel, com 98 lugares num total de 2.556 m2.

 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.