16 / Dezembro / 2018

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Pátio da Galé abre as portas para a V Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa

09 de Abril de 2018 às 12:40:17

tamanho da letra:

Notícias

Começa hoje a V Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa, com uma agenda em torno do impacto da reabilitação urbana na economia, turismo, habitação, sociedade, cultura e património, com um especial olhar sobre a realidade da capital.

O Pátio da Galé vai estar de portas abertas para este evento até ao próximo domingo, 15 de abril.
A partir das 15h00 do dia 9, realiza-se a sessão de abertura da Semana da Reabilitação de Lisboa, com as intervenções do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, do presidente da CPCI, Reis Campos, e de António Gil Machado, diretor da Vida Imobiliária, que organiza com a Promevi este evento e que conta ainda com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, da ATL-Turismo de Lisboa e da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
Segue-se, às 16h30, a conferência “O Financiamento à Reabilitação Urbana – Os Novos Programas”, que inaugura o ciclo central de conferências e que integra, entre outros, o presidente do IFRRU 2020, Abel Mascarenhas, o coordenador nacional da Iniciativa JESSICA, BEI, Pedro Couto, o  Vereador do Urbanismo da Câmara Municipal de Lisboa, Manuel Salgado, o Bastonário da Ordem dos Engenheiros, Carlos Mineiro Aires, e o presidente da Ordem dos Arquitectos, José Manuel Pedreirinho.
A programação da 5ª edição da Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa aposta numa agenda ampla, com mais eventos e um leque de temas mais abrangente e inclusivo. Ao todo são mais de duas dezenas de conferências, seminários, workshops, exposições e oficinas infantis, que envolvem a participação de perto de 130 intervenientes e mobilizam 85 empresas, associações e ordens profissionais, faculdades, entidades públicas e organismos estatais, governo central e autárquico. Além dos claustros do Pátio da Galé, palco principal do evento, as iniciativas previstas decorrem ainda na Sala do Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa, nos Paços do Concelho, na sede do LNEC, em Alvalade, e na Escola Básica Maria Barroso, ao Chiado.

Ciclo Central de conferências


Assim, de 9 a 13 de abril, os claustros do Patéo da Galé serão palco de um ciclo de conferências que, num total de 8 sessões, oferece uma visão completa sobre a reabilitação urbana e debate os temas do financiamento, energia, arrendamento urbano, questões estruturais de segurança, o impacto nas cidades e no envelhecimento ativo, a legislação do RERU ou o turismo, em especial na zona Ribeirinha. Uma das grandes novidades desta programação central é a “Conferência Internacional da Promoção Imobiliária – Os Fazedores de Cidade”, organizada pela APPII- Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários. A realizar na manhã e tarde do dia 12 de abril, a conferência promete reunir alguns dos maiores e mais importantes promotores e investidores imobiliários da Península Ibérica. Todas as outras sessões desta programação central têm a duração de meio-dia (manhãs ou tardes).

Workshops Técnicos e exposições


Nos dias 10 (17h45), 11 (18h00) e 12 de abril (18h30), respetivamente as empresas Barbot, Secil e Weber organizam três workshops técnicos sobre soluções de materiais para a reabilitação urbana.
Durante toda a semana estará patente a exposição permanente dos projetos que concorrem ao Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2018, que este ano, pela primeira vez, ruma a Braga para a cerimónia de entrega, no dia 9 de maio.
A agenda paralela contempla ainda um ciclo de cinco workshops técnicos organizados pelo LNEC na sua sede, na Avenida do Brasil, e dedicados a aspetos estruturais e mais práticos para quem está na reabilitação urbana. Realizam-se nos dias 10, 12 e 13 (manhã e tarde) e são sujeitos a pagamento.

Seminários paralelos

Os seminários paralelos, a decorrer na Sala do Arquivo dos Paços do Concelho, na Praça do Município, são uma das novidades desta edição, realizando-se nos dias 10 e 13 de abril. O programa de rendas acessíveis da autarquia, com a intervenção de Ricardo Veludo, que coordena a iniciativa, é a primeira sessão (10 abril, 10h30) desta programação paralela, com a agenda a incluir ainda uma sessão de esclarecimento sobre o financiamento ao abrigo do IFRRU (10 abril, 15h30), e debates focados nas oportunidades de reabilitação no mercado de escritórios (13 abril, 10h30) e no impacto da revolução digital no imobiliário (13 abril, 15h30).

Oficina Lúdica para Crianças


A programação da V Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa termina com uma atividade lúdica para crianças, que é outra das novidades da nova edição. A decorrer no dia 14 de abril (à tarde), na Escola Básica Maria Barroso (local do antigo Tribunal da Boa Hora), ao Chiado, o ateliê “A minha rua na cidade” convida crianças dos 5 aos 10 anos a construir, em conjunto, uma maquete conjunta com edifícios e ruas, promovendo a reflexão sobre a sua cidade e as diferenças que nela existem. Esta atividade é dinamizada pelo gabinete FaJunior, da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa.
Os eventos da Semana da Reabilitação Urbana mantêm a sua filosofia de acesso livre e, além das iniciativas integradas na programação central e paralela, os visitantes do Pátio da Galé podem também conhecer um conjunto de cerca de 30 empresas que marcam presença no local de forma permanente com as suas soluções para a reabilitação urbana.



 




 

 


 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.