23 / Setembro / 2018

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Ampliação do Glicínias Plaza vai custar 40 milhões de euros

12 de Setembro de 2017 às 16:07:27

tamanho da letra:

Notícias

O centro comercial Glicínias Plaza, em Aveiro, vai ser alvo de uma profunda requalificação e ampliação. As obras, que se iniciam em janeiro próximo e incluem a construção de dois novos pisos, a melhoria das acessibilidades na área envolvente e a construção de um parque infantil, deverão estar concluídas em outubro de 2019.

O valor do investimento total da obra, a cargo do grupo Vougainvest, proprietário do espaço, é de cerca de 40 milhões de euros. 
Atualmente com uma área bruta locável de cerca de 28 mil metros quadrados e 75 lojas, das quais se destacam um hipermercado, sete salas de cinema com 3D e grandes lojas de moda, o Glicínias é um espaço que conseguiu, ao longo dos seus quase 18 anos de existência, conquistar a visita diária de 23 mil pessoas. 
Dentro de dois anos, e com o aumento da área bruta locável para 41 mil metros quadrados, o Glicínias passará a ser o maior centro comercial da cidade, estando prevista a abertura de mais 45 lojas, para um total de 120, e a criação de mais 500 lugares de estacionamento. No total, serão 2.000 lugares gratuitos. 
A zona envolvente co centro beneficiará igualmente com esta obra, estando previstas a melhoria de algumas vias de comunicação, a criação de espaços verdes e a construção de um parque infantil. 
Em concreto, o projeto de renovação e expansão vai implicar uma intervenção no piso atualmente existente, com deslocalização de um corredor e relocalização da zona de restauração e cinemas, a construção de dois pisos adicionais, um destinado à moda e o outro à  restauração e cinemas, e a reformulação dos parques de estacionamento e das acessibilidades na área envolvente. 
Para Jorge Buco, diretor geral do Grupo Vougainvest, empresa proprietária do centro comercial, “este é o momento de consolidação, quer como edifício, que depois de renovado irá adotar uma imagem jovem, arrojada e, sobretudo, confortável para quem o frequenta, quer ao nível da oferta comercial, trazendo para Aveiro novas marcas, algumas surpresas e uma oferta bastante mais diversificada”. 
Durante este período de intervenção, o centro comercial continuará a funcionar normalmente. 
O projeto é da responsabilidade da empresa Broadway Malyan. A LBM, além de gerir este centro comercial, é a responsável pela gestão do Foz Plaza, na Figueira da Foz, espaço que também pertence ao Grupo Vougainvest. 
A apresentação pública do projeto realiza-se no próximo dia 18 de setembro, às 11h30, no Museu de Santa Joana, em Aveiro, e contará com a presença do gerente do Grupo Vougainvest, Daniel Lafforgue, de Jorge Buco, diretor geral do Grupo, do arquiteto responsável pelo projeto, Vítor Pais, da Broadway Malyan, e do presidente da Câmara de Aveiro, José Ribau Esteves. 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.