15 / Dezembro / 2018

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Aguirre Newman e CBRE comercializam loja do Liberdade 40

18 de Maio de 2017 às 17:05:38

tamanho da letra:

Notícias

As consultoras imobiliárias Aguirre Newman e CBRE foram instruídas para a comercialização em regime de co-exclusividade da loja do Edifício Liberdade 40, em Lisboa.

O Liberdade 40, que integra o portefólio da Avenue, será um edifício misto de habitação e comércio situado em pleno coração da Avenida. “A fachada elegante e contemporânea irá definir o carácter cosmopolita deste edifício, rodeado de comércio exclusivo, hotéis de luxo e restaurantes de referência”, destaca-se em comunicado.
A loja de ampla dimensão, integrada na zona premium da Avenida da Liberdade, contará com 721 m2 distribuídos por dois pisos, oferecendo uma “excelente exposição, num edifício de mais 7 pisos totalmente reabilitado”.
Cristina Cristóvão, diretora do Departamento de Retalho da Aguirre Newman, refere que  “é (…) um excelente desafio fazermos parte da equipa que irá trabalhar, junto da Avenue, na comercialização deste imóvel. O edifício Liberdade 40 oferece às potenciais marcas interessadas a oportunidade de integrarem um projeto com uma imagem e um posicionamento únicos, numa das localizações de retalho mais prestigiantes e icónicas da cidade de Lisboa”.
Para Carlos Récio, do Departamento de Retail da CBRE, “a Avenida da Liberdade é um dos destinos de comércio de excelência na nossa capital e para o qual o Departamento de Retail da CBRE tem contribuído de forma ativa e com sucesso ao longo dos últimos anos, através da colocação de várias marcas de luxo (…)”.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.