28 / Maio / 2018

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

IHRU lança projeto para assinalar centenário

07 de Abril de 2017 às 10:33:00

tamanho da letra:

Notícias

O Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) apresentou hoje o projeto "Habitação: Cem anos de políticas públicas em Portugal: 1918 | 2018", numa sessão que contou com a presença do secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes.

Este projeto, que assinala o centenário de Políticas Públicas de Habitação em Portugal, pretende retratar as várias iniciativas implementadas durante os últimos 100 anos e destinadas a melhorar as condições de alojamento dos portugueses.
Ao longo deste período, as políticas públicas de habitação foram responsáveis pelo alojamento de cerca de um milhão de portugueses, de acordo com estimativas do IHRU, tendo permitido a erradicação de cerca de 100 mil barracas e outras construções precárias.
Mais recentemente, entre 1987 e 2011, o esforço do Estado na área da habitação foi de 9,6 mil milhões de euros. Desse valor, 1,3 mil milhões de euros destinaram-se a programas de realojamento, 803 milhões a incentivos ao arrendamento, 166,5 milhões a programas de reabilitação de edifícios, 29,2 milhões a subsídios de renda da Segurança Social, 193,9 milhões a programas de promoção direta e 13,8 milhões a programas de contratos de desenvolvimento de habitação. O remanescente foi investido em bonificações de juros no crédito à habitação.
O primeiro diploma legal que institui uma política pública de habitação em Portugal data de 25 de abril de 1918. Trata-se do Decreto n.º 4137, que estabeleceu as providências necessárias para a promoção de construção de casas económicas. Desde aquela data, verificaram-se mutações sociais e económicas que influenciaram a implementação de diferentes soluções habitacionais.
O projeto irá incluir a inventariação de programas, de bairros, de edifícios e de outras promoções concretizadas neste período, bem como a catalogação da legislação relacionada com o conjunto das políticas de habitação e ainda a enumeração dos estudos, documentação e publicações associadas a esta temática.
O projeto será estruturado em sete grandes momentos, ordenados cronologicamente: Núcleo 1 (1918-1933) - “A República e a Questão Social: Habitação e Trabalho para os Heróis da Guerra”; Núcleo 2 (1933 – 1945) - “O Estado Novo e a Habitação Económica - Paz Social e Propriedade Individual”; Núcleo 3 (1945-1969) - “O Arrendamento Social Público - Nova Escala, Novos Programas e Agentes”; Núcleo 4 (1969-1982) “Habitação para mais: Consolidação/Revolução/ Descolonização”; Núcleo 5 (1982- 2002) - “Portugal descentralizado e europeu: promoção apoiada, iniciativa local e renovação urbana”; Núcleo 6 (2002-2018) - “A Casa Apoiada: Hoje e Amanhã” e Núcleo 7 (1918-2018) - “Catástrofes e Respostas Públicas Habitacionais”.
Esta iniciativa, além de envolver o meio académico, contará ainda com a colaboração da Direção-Geral do Território e da Direção-Geral do Património Cultural.
Em abril de 2018, celebrar-se-á um século de políticas públicas de habitação em Portugal, que será assinalado com a realização de uma grande conferência, o lançamento de uma publicação e a inauguração de uma exposição.

 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.