21 / Agosto / 2018

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Autarcas insistem na reparação urgente do IC1 entre Alcácer do Sal e Grândola

22 de Setembro de 2016 às 10:56:25

tamanho da letra:

Notícias

Os presidentes das Câmaras Municipais de Alcácer do Sal e Grândola solicitaram uma nova audiência com o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques.

Os autarcas querem saber para quando o início da intervenção no troço do IC1 que liga Alcácer do Sal a Grândola.
Em ofício enviado no dia 21 de setembro a Pedro Marques, os autarcas manifestam, uma vez mais, a sua preocupação com o avançado estado de degradação desta via e afirmam que "não podem existir quaisquer razões de ordem burocrática que justifiquem o adiamento, de anos, para a solução deste problema", lembrando que "o troço do IC1 entre Alcácer do Sal e Grândola encontra-se em elevado estado de degradação, colocando em risco, diariamente, a vida de mais de 9000 utilizadores." Por isso, reafirmam que "esta é uma situação insustentável, que se arrasta há vários anos e que se agrava de dia para dia, afetando negativamente esta região e a sua população".
No mesmo documento, Vítor Proença e António Figueira Mendes referem ainda o aumento dos índices de sinistralidade com vítimas mortais, recordando o grave acidente de viação que no passado dia 2 de setembro vitimou mortalmente dois utentes daquele troço residentes no concelho de Grândola e afirmam que, "por todas estas razões, as autarquias, comunidade intermunicipal do Alentejo Litoral, comissões de utentes, empresas, forças de segurança e população em geral têm apelado de diversas formas à urgente reparação deste troço, interbenção esta que, contudo, tem sido sucessivamente adiada."

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.