18 / Agosto / 2018

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Recuperadas Salas de D. Manuel II no Palácio Nacional da Pena

10 de Março de 2016 às 10:26:35

tamanho da letra:

Notícias

Começou em fevereiro o processo de recuperação integral das Salas de D. Manuel II, no Palácio Nacional da Pena.

A degradação das salas, situadas no 3º piso do Torreão do Palácio Nacional da Pena, impediu que estas fossem incluídas no percurso expositivo do Palácio ao longo dos últimos anos. A obra tem um custo de cerca de 40.000 euros e a duração prevista de quatro meses, no final dos quais os cinco espaços que constituem as Salas de D. Manuel II serão devolvidos ao circuito de visita.
Um dos objetivos da intervenção é substituir as cores fortes (como o azul, o verde e o vermelho) utilizadas nas paredes dos espaços, que foram aplicadas durante uma intervenção anterior e que se distanciaram da decoração original, à base de tons claros,.
A obra prevê ainda a integração de infraestruturas elétricas no pavimento, retirando elementos dissonantes e intrusivos dos paramentos rebocados, a estabilização geral dos tetos e respetivas estruturas de sustentação e remoção de materiais inadequados de algumas das salas, substituindo-os por rebocos tradicionais.
Paralelamente ao decorrer da obra, pretende-se aprofundar o estudo das diferentes épocas de utilização do Palácio, através da execução de sondagens pontuais em locais onde se identifica, em mapeamentos antigos, a existência de nichos embutidos na parede, que terão sido posteriormente fechados, embora permaneçam acessíveis. As sondagens têm como fim encontrar vestígios materiais destas aberturas, possibilitando ainda recolher informação sobre a técnica construtiva original.
Em simultâneo com a empreitada de recuperação das Salas de D. Manuel II, decorre também a recuperação da Sala da Telegrafia, que será adaptada a sala de conferências, localizada no piso superior este do Torreão. Também o teto da Sala de Fumo (antiga Sala Indiana) está a ser intervencionado. Pretende-se recuperar esta sala do percurso museológico de forma integral, mas faseada. O teto tem vindo a apresentar debilidades na sua estrutura, o que tornou esta intervenção prioritária. Em paralelo decorrerá também a intervenção no mobiliário da sala.
Os trabalhos em causa não implicam a interrupção dos percursos de visita, de acordo com a política habitual de “Aberto para Obras” da Parques de Sintra, em que é permitido aos visitantes acompanharem o progresso das intervenções.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.