23 / Maio / 2018

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Arquitetos do Norte desafiam escolas a aproximar os jovens do espaço público e do património

23 de Novembro de 2015 às 14:48:58

tamanho da letra:

Notícias

O prazo de entrega das candidaturas para a iniciativa «Vamos Procurar a Arquitectura», promovida pela Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos (OASRN), foi alargado até ao dia 30 de Novembro.

O objetivo desta ação é aproximar os jovens do espaço público e do património, através de uma campanha de sensibilização junto das escolas públicas e privadas dos distritos de Viana do Castelo, Braga,  Vila Real, Bragança, Porto, Aveiro, Viseu, Guarda e Coimbra.
Explorar a imagem e o conceito de “Espaço Público” é o tema desta 2.ª edição. Os alunos serão desafiados a observar e absorver a arquitetura, através dos seus cinco sentidos. A ideia é desenvolver um trabalho relacionado com o edificado (edifícios, equipamentos, estruturas de transportes, de serviços, de espetáculos, de ensino, de lazer, entre  outros)  e/ou  com o espaço exterior, nomeadamente cidade,  praça,  rua ou  parque. Os trabalhos desenvolvidos pelos alunos das várias instituições de ensino serão, posteriormente, apresentados numa exposição conjunta no Museu Nacional de Soares dos Reis.
Com a ação de sensibilização «Vamos procurar a Arquitectura» pretende-se “quebrar barreiras e aproximar a sociedade da arquitetura e dos arquitetos, trabalhar e desenvolver os conceitos fundamentais da arquitetura com os jovens, para que a resposta ao desafio, em forma e conteúdo, se confirme através de uma comunicação direta e participativa com a sociedade”, frisa a OASRN.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.