23 / Setembro / 2019

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

CERTIEL quer todos os pedidos de certificação feitos online

07 de Outubro de 2015 às 11:33:33

tamanho da letra:

Notícias

Três anos após a renovação do seu Balcão Digital, em 2012, a CERTIEL – Associação Certificadora de Instalações Elétricas continua a receber pedidos de certificação de instalações elétricas através do preenchimento de um formulário em papel.

Perante esta realidade, que abrange cerca de 10% dos pedidos efetuados, a Associação alerta os técnicos instaladores para as vantagens de efetuarem os pedidos de certificação pela via digital, tendo para o efeito desencadeado várias ações de sensibilização e, inclusive, lançado a aplicação CERTIEL Mobile para smartphones. O objetivo da entidade certificadora é obter uma quota de pedidos de certificação pela via digital muito próxima dos 100%.
Entre as funcionalidades disponibilizadas pelo Balcão Digital destacam-se a possibilidade de: inserir de todos os pedidos de certificado de exploração, independentemente do tipo de utilização das instalações; gravar temporariamente um pedido, com a possibilidade de o retomar mais tarde sem perda de dados já registados; validar dados e verificar da existência de falhas no preenchimento; efetuar pedidos de certificação relativos a condomínios fechados; efetuar pedidos relacionados com tipo de “instalação coletiva”, “gerador de socorro” e “gerador de segurança”, sem que seja necessária a intervenção da CERTIEL; imprimir ou consultar o relatório da inspeção; fazer o download do certificado de exploração, que fica disponível no site para consulta do técnico, dispensando o seu envio por correio; obter a declaração de correção de não conformidades de pedidos, entre outros.   
Carlos Ferreira Botelho, diretor-geral da CERTIEL, explica que a Associação assume-se como uma instituição de referência em inovação ao serviço de todos os profissionais do setor, não podendo deixar de parte a promoção da utilização das novas tecnologias e plataformas online. O responsável da Associação Certificadora de Instalações Elétricas refere que “os pedidos de certificação realizados através do Balcão Digital tornam o processo muito mais simples, útil e rápido, não só para a CERTIEL, como para os próprios técnicos utilizadores desta plataforma, já que está disponível online a qualquer hora e permite a consulta do processo por parte do técnico a qualquer momento, através de um computador, de um tablet ou de um smartphones”.
Esta linha de atuação que a CERTIEL vem seguindo é coerente com a orientação emanada das entidades oficiais, traduzida na legislação recentemente publicada, em que se estabelece que as comunicações entre os interessados e as autoridades competentes devem ser realizadas através de plataformas eletrónicas, sempre que estas se encontrem disponíveis. Assim, a CERTIEL pretende encaminhar os técnicos, com a sua ajuda, para uma prática que a breve prazo poderá ser obrigatória. 
Nas ações de formação já realizadas pela CERTIEL, que visam motivar os técnicos instaladores para a utilização das facilidades proporcionadas pelo Balcão Digital, os formandos tiveram oportunidade de verificar que, com recurso a um simples tablet, é possível realizar todas as operações e consultas disponíveis no portal, de forma rápida e cómoda.
Apesar das dificuldades ainda sentidas, Carlos Ferreira Botelho destaca a utilização crescente do Balcão Digital, referindo que, “em 2012, deram entrada no Balcão Digital o correspondente a cerca de 40% dos pedidos. No entanto, em 2013, esse valor era já de aproximadamente 80%, o dobro de 2012”, o qual, no presente ano, se situa um pouco acima dos 90%.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.