22 / Outubro / 2019

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Em novembro, todos os caminhos da Construção vão dar ao Mondial du Bâtiment

15 de Agosto de 2015 às 15:42:51

tamanho da letra:

Notícias

De 2 a 6 de novembro de 2015, os três salões da construção, Batimat, Interclima+Elec e Ideobain, juntam-se no Parque das Exposições de Paris Nord Villepinte para dar lugar à primeira edição do Mondial du Bâtiment, uma plataforma dirigida a todos os profissionais do Setor, que reúne uma extensa oferta de soluções, inovações, demonstrações e formação.

De 2 a 6 de novembro de 2015, os três salões da construção, Batimat, Interclima+Elec e Ideobain, juntam-se no Parque das Exposições de Paris Nord Villepinte para dar lugar à primeira edição do Mondial du Bâtiment, uma plataforma dirigida a todos os profissionais do Setor, que reúne uma extensa oferta de soluções, inovações, demonstrações e formação.
A edição de 2015 do Mondial du Bâtiment reunirá toda a cadeia de valor de mercado da Construção, nomeadamente: fundações, carpintaria e serralharia, remodelação de interiores e exteriores, materiais, máquinas e equipamentos, novas tecnologias, serviços, sistemas de climatização e de AQS, gestão de edifícios, instalações elétricas, louças, móveis e equipamentos sanitários.
Com mais de 2600 expositores, franceses e internacionais, e uma expetativa de mais de 350 000 visitantes, o Mondial du Bâtiment confirma, assim, a sua posição de referência como uma iniciativa promotora de sinergias e negócios, única e privilegiada, para as diferentes profissões da fileira da Construção.
Para tanto, o encontro desde ano apoia-se em três pilares: na inovação, na informação e formação e na “dimensão business”.
Tal como sucedeu em 2013, responsáveis da Promosalons, entidade organizadora do certame, designadamente, Catherine Rousselot, diretora de Marketing & Comunicação, e Béatrice Panizza, responsável pela Imprensa e Eventos, apresentaram numa conferência de imprensa, realizada com o apoio da AECOPS, as principais novidades e as expetativas em torno da edição deste ano.

Uma plataforma única para a inovação

A inovação é o principal motivo participação para 96% dos expositores e 99% dos visitantes, o que faz com que este evento se pretenda afirmar como uma vitrina das novas soluções para o Setor. Neste contexto, o Concurso da Inovação 2015 foi reforçado, para ceder mais espaço ao melhor da inovação. Criado pelo salão BATIMAT em 1981, a iniciativa, transversal desde a fusão dos três salões em 2013, e que visa recompensar e promover as inovações técnicas, é uma das mais aguardadas pelos visitantes profissionais e pelos media,
A 33ª edição do Concurso da Inovação, que distingue tanto produtos e soluções, como implementações inteligentes e arquitetos com uma abordagem revolucionária à eficiência energética, ganha com a difusão das apresentações em vídeo dos produtos e soluções candidatos em novos espaços dedicados em cada um dos halls, as “Torres da Inovação”, totens de quatro faces, com 7 m altura, que irão imprimir uma forte visibilidade a todos os produtos/soluções nomeados e laureados.
A edição de 2015 traz duas grandes novidades: a cerimónia de entrega dos troféus, que se realizará a 24 de setembro de 2015, ou seja, 6 semanas antes do salão, com o objetivo de valorizar previamente o palmarés junto dos futuros visitantes e desvendar as grandes tendências inovadoras da edição 2015 do Mondial du Bâtiment. Por outro lado, dois novos espaços, respetivamente, os Fóruns e os Espaços demonstração, implantados no centro de cada hall, difundem e propõem um programa de conferências, ateliers e expositores, e permitem aos visitantes ver, tocar e compreender os novos produtos.

Para a informação…

O Mondial du Bâtiment é também uma plataforma informativa e formativa única. Para a edição de 2015 está agendado um ambicioso programa de 200 conferências e ateliers de expositores, de acesso livre aos visitantes dos Fóruns, a fim de lhes transmitir as alterações regulamentares, os desafios societários, os avanços tecnológicos e as tendências de consumo do mercado da Construção.
Nestas sessões temáticas, de 45 minutos, serão abordados assuntos como: “A Revolução Numérica na Construção”: o BIM, a impressão 3D, a realidade virtual, as redes inteligentes, etc.; “A transição energética”: inovações, regulamentações, formações; “Do edifício à cidade integrada”: domótica, edifícios e cidades inteligentes; “O Homem e a Construção”: seguros, proteção social, segurança nas obras, riscos, etc.
As conferências serão consagradas às matérias regulamentares e às perspetivas, enquanto os ateliês dos expositores, concebidos e animados pelos próprios expositores, irão revelar know-how e conhecimentos técnicos.
Cada hall dispõe do seu próprio Fórum, que emitirá um programa relacionado com a oferta naquele exposta.
Por seu turno, o espaço temático e de tendências ModesdeBains, situado no Hall 4, visa realçar as evoluções tecnológicas em conformidade com os regulamentos e os novos usos das casas de banho. Trata-se de um local de descobertas e conselhos, onde os visitantes poderão ver tocar e compreender as novas soluções e familiarizar-se com os novos métodos de instalações, enquanto o espaço temático Bâtiment du Futur, localizado no Hall 5 B, tem por ambição a encenação de soluções (ou protótipos), padrões do futuro da Construção, dando ao visitante hipótese de descobrir e testar as novas ferramentas de conceção (maquete numérica, imagem 3D, etc.), gestão de edifícios, industrialização dos métodos de aplicação (impressora 3D, pré-fabricação), entre outros.

E para a formação

Desafio estratégico para o Setor, a formação terá também lugar de destaque nesta edição: o Mondial du Bâtiment proporá «Espaços de Demostração», nos quais os expositores poderão apresentar os seus produtos e interagir com os visitantes. Este novo formato permite a otimização dos percursos de visitas e favorece a transmissão de conhecimentos. Concebidos como ilhéus circulares de demonstrações permanentes, as Torres da Inovação, demostrações técnicas dos produtos e soluções voltam ao centro dos halls, possibilitando aos expositores um espaço privado para apresentarem os seus produtos/soluções.

Dimensão mundial

O Mondial du Bâtiment é o primeiro evento de envergadura internacional sobre o Setor, com uma quota de 19% de visitantes internacionais, provenientes da Europa,
Magrebe, África Subsariana e América do Sul, e 45% de expositores oriundos de outros países, principalmente, Alemanha, Itália, Bélgica, Espanha e Turquia.
A África Subsariana, país que, pelas inúmeras oportunidades de negócio e desafios que oferece, em virtude do contexto e das necessidades atuais (demografia crescente, programas de habitação, transportes e infraestruturas, exigências em matéria de educação e cultura, etc), suscita um interesse comercial crescente, é a convidada de honra da edição de 2015.
Será dado enfoque aos países da África Ocidental, nomeadamente, Senegal, Costa do Marfim, Camarões, Gabão e Nigéria, com a promoção de encontros com arquitetos, empresários, promotores imobiliários, administrações públicas e empreiteiros desta região de África, tendo em vista o início de novos projetos, sem esquecer a visita de várias delegações conduzidas pelos presidentes das associações e representantes dos ministérios da Habitação e do Urbanismo dos respetivos países da região. Em 2013, mais de 15.000 profissionais africanos marcaram presença em Paris Nord Villepinte.

Interface ímpar para fazer negócios

Por fim, o evento coloca ainda à disposição dos expositores e visitantes ferramentas concretas com vista a multiplicar as atividades de relacionamento e de intercâmbios entre ambos. São disso exemplo os espaços Café & Networking à saída dos Fóruns, as visitas guiadas (temáticas ou por profissões), a preparação on-line de visitas em paralelo com o salão, a possibilidade de os expositores entrarem em contato com os visitantes pré-registados ou ainda a organização de reuniões de negócios através de uma rede social específica.
Do lado dos visitantes, os três salões receberam, em 2013, 353 632 profissionais de toda a fileira do Setor, dos quais 19% internacionais, sendo, assim, o único encontro do setor a agrupar um tão elevado número de profissionais num mesmo local e, também, com capacidade para conciliar um grande volume e qualificação de contactos profissionais.
Para manter essa tendência, o Mondial du Bâtiment 2015 “simplifica a oferta e reparte claramente os diferentes halls de exposição, a fim de tornar a sua visita intuitiva”. Com esse fito, foram delineados percursos de visitas temáticas – por exemplo, a luz na construção, a eficiência energética, percursos de arquitetos - especificamente adaptadas às delegações de visitantes. Em cada hall, junto dos Fóruns, foram criados espaços de networking, a fim de promover a interação entre expositores e visitantes.

Grandes desafios internacionais em foco

Com a experiência dos 3 salões Batimat, Interclima+elec et Ideobain, o Mondial du Bâtiment apresenta-se como uma das pedras angulares do mundo da Construção e interface de contacto e debate dos novos desafios e problemáticas do Setor.
Grandes temas, sobre os quais aqueles salões foram percursores e fornecedores de informação são agora uma realidade. Segundo a organização do evento, “estamos na hora da concretização da transição energética e o nosso papel é antecipar os movimentos que a eficiência energética irá oferecer nos próximos anos. As alavancas de desenvolvimento já existentes a este nível estarão no centro da oferta d’Interclima+elec, o salão da eficiência energética, da climatização e das energias renováveis. Serão abordados, entre outros, os edifícios inteligentes, com energia positiva, através da oferta domótica e tecnológica, e a qualidade do ar, sempre colocando o Homem no centro das problemáticas da construção. Os profissionais sabem que já não é possível considerar o preço de um imóvel apenas com base no material incorporado e que atualmente é necessário falar de custo global e retorno sobre o investimento, antecipando as contrariedades do funcionamento de exploração e de manutenção, sendo que só esta corresponde a 75% do custo global de um edifício.
Da atual conjuntura do Setor sobressai que a construção é um mercado em mutação e em revolução. O objetivo será, pois, Construir melhor e mais barato. A baixa dos custos, com o respeito das regulamentações, é a chave para o futuro das empresas do Setor. E as armas para esta revolução são as novas ferramentas e novos métodos para construir de forma diferente, que o Mondial du Bâtiment 2015 irá expor e divulgar.
Por seu turno, assim que se fala em mutação do mercado da construção, a revolução numérica, destacada no Batimat, impõe-se para uma construção com mais qualidade e menores custos e que se inscreve numa abordagem de interoperabilidade dos atores e do seu trabalho. A promoção numérica surge como uma via promissora para aumentar a competitividade e a produtividade de todo o Setor, melhorando a qualidade dos projetos e as sinergias entre os diferentes intervenientes no processo construtivo. As alterações das diretivas comunitárias relativas aos mercados públicos, no início de 2014, promoveram o uso do BIM apontando-o como norma nos futuros mercados de obras públicas. No Batimat, um espaço pedagógico e experimental, 100% dedicado ao numérico na Construção deverá ficar situado no Hall 5b, no centro da zona “Informática e Novas Tecnologias”.
A ambição deste espaço é acolher uma sala imersiva 3D, uma cabine de voo de demonstração de drones, uma zona dedicada às start-up mais inovadoras do Setor, uma zona de acolhimento dos editores de software, uma zona para os media e uma outra para os institucionais.
Para além do BIM, é todo o conceito da Construção, da conceção à utilização, que é afetado por esta revolução. A Construção torna-se inteligente, sustentável, de grande eficiência energética e inter-relacionada. Mercado em expansão, graças aos industriais que todos os anos lançam inovações que colocam o Homem no centro da Construção, a Domótica irá ocupar um espaço não negligenciável do Mondial du Bâtiment 2015, tal como a acessibilidade. Desafio social de primeira importância para os profissionais do Setor, este assunto submete-se a inúmeras normas e regulamentações, que serão explicitadas durante as conferências do Mondial du Bâtiment. As inovações serão expostas através de um enfoque específico nos espaços de banho Idéobain.

A oferta dos salões para 2015

O Batimat, salão internacional da Indústria da Construção, contava já no mês de abril com 883 expositores diretos inscritos (o que representa 70% do total de 2013), dos quais 137 novos e 435 estrangeiros. Nos cinco dias 5 dias em que decorre o salão, os visitantes poderão contactar com todas as áreas de atividade do Setor: fundações; renovação de interiores e exteriores; carpintaria e serralharia; materiais de construção; máquinas e equipamentos; informática e novas tecnologias; serviços às empresas e organismos institucionais e oficiais.
Interclima+elec é, por seu turno, o salão das energias associadas à construção e da climatização, onde os agentes do Setor vão procurar parceiros e soluções em matéria de eficiência energética, renováveis e de conforto. Numa altura em que a Europa volta a sublinhar o desafio da transição energética na Construção e fixa nomas metas para o horizonte 2020, o salão tem grandes ambições. Interclima+Elec conta já com 277 expositores inscritos, 21 % dos quais estreantes no salão e 37% estrangeiros. O salão abrange os seguintes universos: aquecimento, ventilação e ar condicionado, AQS, energias renováveis, gestão técnica da construção, instalações elétricas, domótica, entre outros.
Organizada por iniciativa da Associação Francesa das Indústrias de Casas-de-Banho (AFISB), Ideobain é o evento de referência para os espaços de banho e o único salão em França onde todos os atores chave do mercado das casas-de-banho expõem e promovem as suas marcas produtos: louças sanitárias, banho, duche & Hydro, materiais, móveis, torneiras e outros. Estão já inscritas na Idéobain 2015 78 empresas, mais de 20% novos expositores e 90% estrangeiras.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.