06 / Dezembro / 2019

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

APDL investe 165 milhões em nova plataforma logística do Porto de Leixões

29 de Julho de 2015 às 14:39:18

tamanho da letra:

Notícias

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo inaugurou os polos 1 e 2 da nova Plataforma Logística do Porto de Leixões, um investimento total previsto de 165 milhões de euros, dos quais 85 milhões foram já concretizados.

Este é um projeto que pretende otimizar as condições para a atração e fixação de polos logísticos e de distribuição no Porto de Leixões, tornando-o numa plataforma de valor acrescentado a nível ibérico.
“O nosso objetivo é tornar o Porto de Leixões numa opção competitiva para os sistemas logísticos e de transportes de mercadorias, contribuindo decisivamente para o desenvolvimento económico e social do país”, afirma Brogueira Dias, presidente da APDL.
O polo 1, com localização privilegiada para atividades de armazenagem e (des)consolidação de cargas, conta com 15 lotes, 50% dos quais já comercializados, estando 4 já contratualizados: o lote 15 (9500 m2) com a Warelog; o lote 5 (4600 m2) com Kartel; o lote 3 (7000 m2) com a FP Leixões e um outro com a Zaldesa – Plataforma Logística de Salamanca.
O polo 2, plataforma de excelência para tráfegos portuários e atividades logísticas, tem já 21500 m2 contratualizados com a Luís Simões, que vai ocupar 2 dos 14 lotes disponíveis, assim como com a Espaçotrans, que ocupará um lote de 18000 m2.
Este polo receberá também o futuro Terminal Ferroviário Intermodal, associado à Plataforma Logística, plano ainda em estruturação, da responsabilidade da Infraestruturas de Portugal (antiga REFER).
O secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, foi o representante do governo na cerimónia inaugural da nova Plataforma Logística.
 Recorde-se que, na passada quinta-feira, a APDL inaugurou o novo Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões, um projeto que pretende ser um forte impulsionador da economia da região Norte do País: com 90 escalas de navios de cruzeiro já previstas, só até ao final de 2015 deverão chegar ao Terminal 1 do Porto de Leixões cerca de 85.000 passageiros e 43.000 tripulantes.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.