26 / Agosto / 2019

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Reabilitação dominou licenciamentos no Porto no 1º semestre do ano

21 de Novembro de 2014 às 11:26:41

tamanho da letra:

Notícias

Dos 101 fogos licenciados pela Câmara Municipal do Porto nos primeiros seis meses de 2014, 76% foram para reabilitação.

De acordo com a Confidencial Imobiliário, no 1º semestre deste ano foram emitidas licenças referentes a obras em edificado (reabilitação) para um total de 78 unidades residenciais, o que compara com as 23 unidades licenciadas em obras novas no mesmo período.
Face ao semestre anterior, a emissão de licenças para reabilitação (que considera obras em edificado) cresceu significativamente, sendo que no 2º semestre de 2013 haviam sido licenciados apenas 31 fogos deste tipo. Este aumento deve-se ao facto de no 1º semestre ter sido emitida licença para um empreendimento na freguesia do Bonfim, que prevê a reabilitação de 29 fogos. Além desta freguesia, as freguesias de Vitória, Massarelos e Santo Ildefonso foram as mais dinâmicas nos licenciamentos para reabilitação.
Já no caso dos fogos novos, a tendência foi de redução, com uma queda de 38% nas licenças emitidas entre o 2º semestre de 2013 e o 1º semestre de 2014. Neste último período, as obras de construção nova para as quais foram emitidas licenças concentravam-se nas freguesias de Aldoar e Nevogilde.
Tanto no caso da construção nova como no da reabilitação, a maioria das obras licenciadas no Porto na primeira metade de 2014 era relativa a moradias. Quanto aos edifícios de apartamentos, os de menor dimensão (possuindo entre 3 a 10 fogos) foram os mais abrangidos pelo licenciamento no semestre em estudo. Tal verificou-se quer para a obra nova quer para a obra em edificado.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.