22 / Novembro / 2019

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Prémio André Jordan regista recorde com 32 candidaturas provenientes das principais universidades

01 de Outubro de 2014 às 11:53:41

tamanho da letra:

Notícias

• António Carvalho, premiado na categoria de Teses de Doutoramento/Artigos científicos com o trabalho “Habitação para idosos em Lisboa: de coletiva a assistida. O caso de Alvalade” e Maria Carlota Dias, com o trabalho “Sustainable and low cost real estate development”, na categoria de Dissertações de Mestrado, ambos do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, foram os vencedores da 3ª edição dos Prémios André Jordan, entregues no passado dia 30 de setembro.

O caso de Alvalade” e Maria Carlota Dias, com o trabalho “Sustainable and low cost real estate development”, na categoria de Dissertações de Mestrado, ambos do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, foram os vencedores da 3ª edição dos Prémios André Jordan, entregues no passado dia 30 de setembro.
A iniciativa, recorde-se, teve por objetivo promover e ampliar a divulgação de trabalhos de investigação sobre o setor Imobiliário, abrangendo as áreas de economia e gestão imobiliária, finanças, investimento e avaliação, marketing e informação, fiscalidade, economia urbana, planeamento e urbanismo, sustentabilidade e ambiente e turismo.
Tendo como objeto os trabalhos de investigação concluídos/defendidos nos anos 2012 e 2013, a Edição 2014 do Prémio André Jordan registou um número recorde de candidaturas ao longo das suas três edições: 15 na classe de Teses de Doutoramento/Artigos Científicos e 17 dissertações de Mestrado.
Os projetos foram apresentados, não só, por alunos das principais universidades nacionais, como de algumas universidades estrangeiras: Madrid, Barcelona e Reino Unido. De entre as universidades nacionais foram rececionadas candidaturas provenientes da Universidade Católica, Universidade de Aveiro, Universidade de Coimbra, Universidade de Lisboa, Universidade do Minho, Universidade do Porto, Universidade Fernando Pessoa e Universidade Nova.
A classe de Teses de Doutoramento/Artigos Científicos mereceu ainda duas menções honrosas para os trabalhos de António Martins, “Preços no mercado de habitação, risco e rendibilidade bancária: estudo do mercado europeu”, da Faculdade de Economia do Porto, e de Susana Lobo, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, com “Arquitetura e turismo: as cenografias do lazer na costa portuguesa. Uma evolução tipo-morfológica.”
Criado com o duplo objetivo de promover a realização de estudos científicos em diferentes áreas e de difundir o conhecimento que daí resulte pelos profissionais do mercado, o prémio organizado pela Confidencial Imobiliário pretende ser uma ponte entre o mundo académico e o mundo empresarial. Uma síntese dos trabalhos distinguidos será publicada numa edição adaptada que será distribuída junto dos profissionais do mercado.
Com a Edição 2014 do Prémio, a Universidade de Lisboa destaca-se pelo número de candidaturas apresentadas (cerca de 1/3 do total) e pelo número de trabalhos premiados (quase metade do total). Dessa universidade, destacam-se o Instituto Superior Técnico (IST) e o Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) como os mais ativos.
A cerimónia de entrega do Prémio André Jordan decorreu a 30 de setembro no Museu da Eletricidade e contou com a presença de André Jordan, do professor Augusto Mateus (presidente do Júri) e do presidente do IHRU – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, arquiteto Vítor Reis.
O evento contemplou ainda um momento de discussão e reflexão sobre o novo quadro comunitário de apoio a Portugal 2020 e o seu impacto para o imobiliário português.


 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.