19 / Novembro / 2019

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Faturação das concessionárias de autoestradas desceu 4,1% para 1.610 milhões de euros

14 de Outubro de 2014 às 12:35:15

tamanho da letra:

Notícias

Depois de uma quebra de 23% em 2012, e de uma descida do tráfego médio diário de 8,7% em 2013, estima-se uma ligeira retoma para 2014.

Segundo o estudo Setores Portugal “Concessionárias de Autoestradas”, publicado pela Informa D&B, o volume de negócios das concessionárias de autoestradas apresentou descidas significativas em 2012 e 2013.
Assim, as receitas agregadas das 23 principais empresas do setor situaram-se, em 2012, nos 1.679 milhões de euros, o que representa uma quebra de 23% face a 2011, estimando-se para 2013 que se situem nos 1.610 milhões de euros, 4,1% menos do que no ano anterior.
Nos últimos anos, a deterioração da economia tem provocado uma queda do tráfego rodoviário em Portugal. Nas autoestradas geridas pelas concessionárias pertencentes à Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de AutoEstradas ou Pontes com Portagens (APCAP), o tráfego médio diário situou-se em 2013 nos 13.382 veículos, face a 14.650 de 2012, o que representou uma queda de 8,7%.
Em 2014 espera-se uma moderada retoma, num contexto macroeconómico ligeiramente mais favorável, tendência que terá confirmação previsivelmente em 2015.
No fim de 2013 operavam em Portugal 24 concessionárias de autoestradas (depois da rescisão da concessão da AutoEstrada do Marão), tendo, nos últimos anos, iniciado atividade várias empresas.
O setor caracteriza-se pela concentração empresarial, sendo que as duas empresas de maior faturação reuniram em 2012 uma quota sobre o volume de negócio total a rondar os 50%.
Na estrutura acionista das empresas do setor, assinala-se a presença de empresas construtoras e entidades financeiras. Relativamente aos acionistas estrangeiros, destacam-se os de origem espanhola, operando no mercado português alguns dos principais grupos construtores do país vizinho.


Dados Gerais, 2013

(a) corresponde às autoestradas exploradas pelas empresas associadas à APCAP.
(b) corresponde à faturação agregada das 23 principais empresas do sector. (c) 2012.

Fonte: Estudo Sectores Portugal DBK: “Concessionárias de auto-estradas”

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.