25 / Agosto / 2019

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Espírito Santo Property investe 21 milhões na reabilitação de edifício secular

23 de Junho de 2014 às 12:11:55

tamanho da letra:

Notícias

O n.º 15 da Rua Castilho, um edifício com mais de um século, vai renascer pela mão da Espírito Santo Property, apresentando-se agora como ‘Castilho 15’.

Num investimento de 21 milhões de euros, o novo projeto de reabilitação urbana da empresa estará pronto a habitar no primeiro trimestre de 2016, tendo as obras já arrancado.
Posicionado entre a Avenida da Liberdade, o bairro do Príncipe Real e a praça do Marquês de Pombal, o edifício Castilho 15 é um edifício residencial com 25 apartamentos, de tipologias T1 a T5 em duplex, com áreas que variam entre os 75 m2 (T1) e os 316 m2 (T5 duplex) e preços desde os 391 mil euros até 2,3 milhões de euros.
O atelier de arquitetos 3G Office é o responsável pelo projeto de recuperação, que irá manter a traça original do edifício, construído no final do século XIX, preservando o estilo romântico e atributos clássicos, visíveis nas cantarias, nas janelas e nos gradeamentos que unem as fachadas, os quais criam um efeito de varandins.
Preservando a fachada de 1899, o Castilho 15 irá renascer como um edifício de oito andares, três dos quais construídos de raiz numa cobertura de estilo contemporâneo, estando o piso térreo reservado ao comércio.
Os apartamentos dispõem de varandas ou terraços, beneficiando dois deles da conversão do antigo logradouro em espaços ajardinados privados. Todos incluem lugares de estacionamento e arrecadação, dispostos em quatro pisos subterrâneos.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.