25 / Agosto / 2019

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Vencedores do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2014 já são conhecidos

21 de Março de 2014 às 15:42:13

tamanho da letra:

Notícias

Os projetos vencedores do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2014 foram ontem conhecidos, durante um evento que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa.

O galardão que distingue positivamente as iniciativas de reabilitação urbana de maior valia para a comunidade nas suas múltiplas valências, com vista a estimular a excelência profissional dos operadores económicos, sociais e autarquias que protagonizam intervenções de reabilitação urbana foi ganho: pelo Quarteirão das Cardosas, no Porto (melhor intervenção residencial); pelo Vila Galé Collection Palácio dos Arcos, em Paço D’Arcos (Melhor intervenção turística); pelo Mercado do Bom Sucesso, no Porto (Melhor intervenção de serviços & comércio); pelo GNRation, em Braga (Melhor intervenção com impacto social); e pelo Edifício de Acolhimento e Requalificação do Eixo da Rua da Vitória (Melhor intervenção cidade de Lisboa).
Foram igualmente entregues três menções, nomeadamente: à Casa de Selho de Riba (Guimarães - melhor intervenção com menos de 1.000 m²); ao Edifício Sede do Banco de Portugal (Lisboa - melhor intervenção de restauro); e ao projeto Étoile 240 (Lisboa- melhor intervenção – certificação energética).
Os projetos vencedores foram eleitos pelo painel de jurados indicado pela organização do Prémio e constituído por André Jordan, Manuel Reis Campos, Vasco Peixoto de Freitas, Augusto Mateus e André Caiado.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.