21 / Agosto / 2019

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Broadway Malyan vai desenvolver novo Plano Diretor de Luanda

17 de Dezembro de 2013 às 15:06:28

tamanho da letra:

Notícias

A Broadway Malyan venceu o concurso internacional que vai transformar a capital de Angola. A empresa foi nomeada pelo governador de Luanda para elaborar a estratégia de crescimento para a cidade e para a Província, que alberga atualmente cerca de seis milhões de habitantes, esperando vir a acomodar 13 milhões de pessoas até 2030.

Ao longo dos próximos 12 meses, a equipa multidisciplinar da empresa internacional de arquitetura, urbanismo e design irá analisar o contexto urbano ao nível da geografia, condições sócio-económicas, morfologia, estrutura e ambiente, para preparar uma requalificação urbana e plano de crescimento, de longo prazo, com uma abordagem sensível e sustentável.
Após consulta, o plano será usado como base para o desenvolvimento de políticas que regulamentem o uso do solo e controlem o planeamento entre os vários municípios durante os próximos 20 anos, ajudando a estabelecer Luanda como uma grande força económica em África e, também, como uma das suas cidades mais habitáveis.
A Broadway Malyan irá trabalhar em estreita colaboração com o Instituto de Planeamento e Gestão Urbana de Luanda (IPGUL) e irá liderar uma equipa alargada de consultores, incluindo o parceiro local Urbinveste (planeamento local e consultoria de mercado), a Deloitte (estratégia), a Aurecon (infraestruturas), Mobility-in-Chain (transportes) e a Universidade Nova de Lisboa (comunidade, meio ambiente e património).
Refira-se que a empresa venceu recentemente o concurso internacional para o masterplan Bandar Malásia, que irá transformar uma área de 196 ha, em Kuala Lumpur. Nos últimos três anos, tem desenvolvido masterplans em países como o Iraque (o projeto “10 × 10” em Sadr City, Bagdade, que envolve uma extensão de 17 km² e a criação de uma nova Sadr City) e o Brasil (ConVida Suape - uma nova cidade, envolvendo a transformação de uma área de 470 ha para 100.000 habitantes).

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.