11 / Dezembro / 2019

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

Inland arranca comercialização de projeto residencial de 20 milhões

31 de Outubro de 2013 às 15:43:55

tamanho da letra:

Notícias

O Grupo Inland acaba de inaugurar a Quinta do Aqueduto, um novo projeto residencial, localizado a 15 minutos de Lisboa.

“Aliando história, natureza, arquitetura e estilo de vida, o empreendimento localizado no Concelho de Loures, na freguesia de Santo Antão do Tojal está, a partir de hoje, disponível para comercialização”, informa o grupo especialista em promoção imobiliária, integrado na holding Promovalor, em comunicado.
natural.
“Esta é uma aposta num projeto residencial que representa uma alternativa arquitetónica diferenciadora, uma vez que se destaca pela sua intervenção contemporânea enquadrada num cenário com o Aqueduto como pano de fundo, no centro da vila que é considerada o Museu de Loures”, refere Tiago Vieira, administrador da Promovalor.
A Quinta do Aqueduto resulta de uma forte aposta do Grupo Inland no mercado nacional, que se traduz num investimento de 20 milhões de euros, num projeto de arquitetura contemporânea composto por moradias, apartamentos e um espaço de serviços, envolvido num património histórico e cultural, inserido num ambiente natural.

O projeto

Projetada pelo arquiteto Samuel Torres de Carvalho, do gabinete PPST, “na Quinta do Aqueduto a vivência é orientada para dentro de casa com uma abstração do exterior, apostando na continuidade, quer nas fachadas exteriores, quer na organização dos espaços interiores atravessados por luz”.
O princípio fundamental do projeto, conforme explica o arquiteto, “surge na procura de integrar a escala da nova construção no tecido urbano existente da Vila de Santo Antão do Tojal. Em resultado do novo desenho urbano, liberta-se uma grande faixa verde paralela ao Aqueduto, onde surge um novo parque urbano, que permitirá o usufruto do mesmo por todos os cidadãos. Nos edifícios das moradias, optou-se por uma logica de pequenos quarteirões mais encerrados para o exterior – público, e mais permeáveis para o interior dos jardins privados. No bloco de apartamentos, a lógica manteve-se, apesar da sua escala ser maior pela presença da Estrada Nacional. Neste, o alçado tem um significado especial, pela presença de uma série de vazios, que são o reflexo de espaços de estadia da casa que, atravessam o edifício de Norte a Sul, conferindo aos apartamentos uma grande riqueza e caráter espacial”.
Com o arranque da comercialização é agora possível visitar a Casa Modelo.
As 62 moradias apresentam tipologias T2, T3 e T4 com preços a partir de 240.000€, e os 30 apartamentos de tipologias T1, T2 e T3 serão comercializados a partir de 105.000€.

Características principais

As 62 moradias estão organizadas em seis conjuntos que garantem a sua individualidade. Apresentam tipologias T2, T3 e T4, com dois pisos. Cada moradia tem o seu lote com jardim privativo, com opção de piscina, um solário na cobertura e dois lugares de estacionamento coberto.
Os 30 apartamentos são compostos por tipologias T1, T2 e T3. As áreas comuns dos apartamentos contam com um jardim e uma piscina, orientada a Sul, uma sala de condomínio e garagem coletiva, com uma média de dois lugares de estacionamento por apartamento e uma arrecadação.
Todas as frações serão certificadas com a Classe A, em termos de eficiência energética.
Para além de uma área de serviços, o projeto prevê também a requalificação da área junto ao Aqueduto, através da criação de um Parque Urbano com cerca de 7.465 m2 de espaços verdes.

 


 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.