20 / Novembro / 2019

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Notícias ver todas os artigos desta secção

AECOPS apoia Prémio Nacional de Reabilitação Urbana

14 de Dezembro de 2012 por Lurdes Neto às 16:48:32

tamanho da letra:

Notícias

Premiar a excelência na renovação das cidades é o principal objetivo de um novo galardão instituído no âmbito da reabilitação urbana e cuja fase de candidatura, a decorrer desde o início deste mês, termina no próximo dia 31 de janeiro.

Reconhecendo o mérito e o interesse dos propósitos que estabelece para a dinamização da atividade do Setor, a AECOPS decidiu prestar à iniciativa o seu apoio institucional, possibilitando, assim, às empresas suas associadas a apresentação de candidaturas em condições mais vantajosas, nomeadamente no que diz respeito aos honorários de formalização da candidatura, que beneficiam de um desconto de 20%.
O denominado Prémio Nacional de Reabilitação Urbana visa, segundo explica a revista “Vida Imobiliária”, promotora da iniciativa, “reconhecer a requalificação das cidades portuguesas, distinguindo os projetos de reabilitação urbana que regeneram o tecido urbano e representam uma mais valia para comunidade onde se integram”.
De periodicidade anual, o prémio pretende ainda estimular a excelência profissional dos operadores económicos sociais e autárquicos que protagonizam estas intervenções.

Seis categorias e quatro menções honrosas

Ao galardão, que vai distinguir seis categorias e atribuir quatro menções honrosas, podem concorrer projetos de reabilitação urbana concluídos entre 1 de janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2012, podendo a respetiva candidatura ser apresentada pelo proprietário da intervenção, assim como por qualquer um dos agentes intervenientes na obra – arquiteto, construtora, etc. -, desde que obtida autorização pelo efeito por parte dos primeiro.
O Prémio Nacional de Reabilitação Urbana vai reconhecer projetos de reabilitação nas categorias de uso residencial, comercial, escritórios e turismo, bem como intervenções de reconhecido impacto social, incluindo equipamentos sociais, iniciativas de requalificação em bairros ou que induzam um benefício social evidente. Além disso será atribuída uma menção honrosa para o projeto com as melhores soluções de eficiência energética e também será distinguida a melhor intervenção realizada no Porto, cidade que vai acolher, nesta primeira edição, a gala da entrega de Prémios.
Sem esquecer a importância e o esforço de internacionalização da fileira da Construção e do Imobiliário, esta iniciativa atribuirá igualmente menções honrosa aos melhores projetos de reabilitação urbana realizados no Brasil e em Angola.

Fases do processo

Aberta no passado dia 5 de dezembro, a fase de candidatura ao Prémio encerra no dia próximo dia 31 de janeiro de 2013.
Todas as candidaturas entretanto rececionadas serão, depois, sujeitas a uma fase de pré-seleção, a cargo da comissão organizadora.
Até ao dia 8 de fevereiro serão anunciados os candidatos oficiais ao Prémio, os quais serão, então, convidados a apresentar o dossier completo com o projeto concorrente, terminando a fase de apresentação de candidaturas oficiais a 28 de fevereiro de 2013.
Os vencedores serão selecionados por um júri constituído por personalidades independentes de reconhecido rigor e anunciados a 3 de abril, no Porto, num jantar de gala que decorrerá no âmbito da Semana de Reabilitação Urbana, uma iniciativa igualmente desenvolvida pela “Vida Imobiliária” em parceria com a Câmara Municipal do Porto e que celebra a regeneração da cidade, integrando um conjunto diverso de atividades, seminários e mostras na Invicta.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.