26 / Agosto / 2019

Segunda

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Acontecimentos em agenda ver todas os artigos desta secção

80 mil fogos já têm certificado energético

23 de Outubro de 2009 às 11:08:16

tamanho da letra:

Agenda

Até Maio deste ano, já foram atribuídos certificados energéticos a mais de 80 mil fogos, segundo os últimos dados divulgados pela ADENE – Agência para a Energia, que vê na certificação energética uma oportunidade para a reabilitação do parque habitacional existente.

Deste total, a maioria é de classe C (cerca de 34 por cento), seguindo-se a classe B (26 por cento) e a classe D.
Recorde-se que o Plano Nacional de Acção para a Eficiência Energética tem como objectivo alcançar, até 2015, a certificação energética de cerca de 200 mil fogos do parque habitacional existente.
A reabilitação urbana é, de facto, um dos segmentos com grande potencial de desenvolvimento no âmbito deste Plano, já que este oferece diversos incentivos, como é exemplo o Crédito Eficiência, que consiste num crédito pessoal bonificado para financiamento de medidas de eficiência.
De salientar que o Plano Nacional de Acção para a Eficiência Energética define 12 programas que abrangem diferentes sectores, entre eles o do imobiliário, onde está inserido o Renove Casa & Escritório, que prevê a intervenção em 200 mil fogos, a necessitar de remodelação, nomeadamente ao nível da substituição de vidros simples por duplos e à utilização de caixilharia com corte térmico.
Por outro lado, pretende-se ainda que por intermédio deste programa seja melhorado o isolamento em aproximadamente 80 mil fogos, através da instalação de materiais isolantes eficientes nos edifícios habitacionais.

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.