13 / Outubro / 2019

Domingo

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Acontecimentos em agenda ver todas os artigos desta secção

Tektónica leva empresas portuguesas à Colômbia

17 de Março de 2015 às 15:45:17

tamanho da letra:

Agenda

A Fundação AIP, através da AIP – Feiras, Congressos e Eventos, vai estar presente com a Tektónica na Expoconstrucción y Expodiseño, em Bogotá, na Colômbia, de 19 a 24 de maio.

A 13ª Edição da Expoconstrucción y Expodiseño promove o desenvolvimento e crescimento do setor da Construção (Arquitetura, Infra-estruturas, Materiais de Acabamento, Energia e Climatização, Ferramentas, Maquinaria e Equipamentos, Automatismos e Segurança e Design de Interiores) e espera mais de 60.000 visitantes.
O consistente crescimento económico da Colômbia dos últimos anos tem despertado a atenção dos investidores a nível mundial. Este país da América Latina, com 47,1 milhões de habitantes, apresentou em 2014 um crescimento do PIB de 4,2%, prevendo o Banco Central um crescimento de 4% para 2015, bem como a redução da inflação de 2,14% (2014) para 1,69% (2015).
A Construção é claramente o setor da economia que apresenta maior crescimento (cerca de 8% ao ano), gerando importações na ordem de vários milhares de milhões de dólares.
Apesar da dimensão do investimento em infraestruturas com grandes projetos de obras públicas, é, no entanto, no subsector da construção de habitação\comércio, impulsionado pelo aumento do poder de compra interno, pelos programas governamentais de apoio à construção social e à concessão de empréstimos bonificados para habitação, que se verificam os maiores crescimentos, acima de 11% no ano de 2014.
A Colômbia tem feito recentemente um grande esforço de aproximação no desenvolvimento das relações económicas com Portugal, incluindo várias visitas do seu presidente Dos Santos. O seu potencial é enorme, tendo sido recentemente classificada pela revista Fortune como um dos 7 melhores países do mundo para investir. Um grande consenso político sobre o modelo de desenvolvimento económico, o esforço para atrair investimento externo e a eminente pacificação de grandes áreas do país abrem novas expectativas de desenvolvimento.
A AIP convida as empresas interessadas neste mercado e nesta iniciativa a consultarem o respetivo programa, salientando que esta ação será incluída em sede de reformulação do Projeto Conjunto QREN SI Qualificação n.º 37.834, pelo que beneficiará, em caso de aprovação, de co-financiamento no âmbito do mesmo. Para as empresas que reúnam os requisitos exigidos pelo QREN/COMPETE a comparticipação é cerca de 75% sobre o valor elegível.


 

 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.