20 / Novembro / 2019

Quarta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Acontecimentos em agenda ver todas os artigos desta secção

APSEI analisa os produtos de construção e o seu impacto na Segurança

18 de Fevereiro de 2015 às 16:45:32

tamanho da letra:

Agenda

A APSEI – Associação Portuguesa de Segurança organiza o IV Fórum Normalização da Segurança em Portugal, a 3 de março, no Auditório do Instituto Português da Qualidade, no Monte da Caparica.

De acordo com a Associação, “este evento será a oportunidade para dar a conhecer alguns dos trabalhos desenvolvidos em 2014 pela Comissão Técnica 46 - Segurança Contra Incêndio e Símbolos Gráficos e pela Comissão Técnica Eletrotécnica 79 - Sistemas de Alarme, ambas coordenadas pela APSEI na qualidade de Organismo de Normalização Setorial (ONS).
Para além da apresentação das normas mais recentes sobre segurança, o IV Fórum da Normalização da Segurança em Portugal irá esclarecer o mercado sobre temas como os produtos de construção e o seu impacto na segurança, quais as normas de proteção contra incêndio e de segurança eletrónica referidas em legislação (e desta forma de cumprimento obrigatório) e, ainda, os mitos mais comuns no âmbito da manutenção de extintores.
A Normalização é a atividade destinada a estabelecer, face a problemas reais ou potenciais, disposições para a utilização comum e repetida, tendo em vista a obtenção do grau ótimo de ordem, num determinado contexto. Consiste, de um modo particular, na formulação, edição e implementação de normas.
O evento conta com as intervenções de representantes da ASAE, do Instituto Português da Qualidade, da APSEI e de entidades do setor da segurança que participam na elaboração das normas.


 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.