15 / Outubro / 2021

Sexta

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Legislação ver todas os artigos desta secção

Portugal em alerta e com menos restrições a partir de 1 de outubro

24 de Setembro de 2021 às 12:15:04

tamanho da letra:

Legislação

A partir de 1 de outubro, Portugal entra na terceira e última fase do plano de desconfinamento, com a alteração da situação de contingência para a de alerta e com a eliminação da grande maioria das restrições impostas com vista ao combate da pandemia ainda em vigor.

Atingindo o patamar de 85% da população vacinada e face à estratégia gradual de levantamento de medidas de combate à pandemia da doença COVID-19, o Governo aprovou esta semana uma resolução que declara a situação de alerta em todo o território nacional continental até às 23h59 de 31 de outubro de 2021 e que adota, entre outras, as seguintes medidas: restaurantes sem limite máximo de pessoas por grupo; fim da exigência de certificado digital ou teste negativo para acesso a restaurantes e estabelecimentos turísticos ou alojamento local; fim dos limites em matéria de horários; fim dos limites de lotação, designadamente para comércio (tradicional).
São ainda eliminadas, entre outras, a recomendação de teletrabalho e a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores.
Por outro lado, manter-se-ão, no entanto, a necessidade de apresentação de certificado ou teste negativo em casos específicos, como, por exemplo, para viagens por via aérea ou marítima e grandes eventos corporativos e a obrigatoriedade de uso de máscara, entre outros locais, em transportes públicos, incluindo o transporte aéreo.
A AECOPS aguarda a publicação do diploma aprovado ontem em reunião do Conselho de Ministros, para elaborar a respetiva circular, da qual dará pronto conhecimento às empresas associadas.



Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.