18 / Novembro / 2017

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Economia ver todas os artigos desta secção

Produção na Construção na Europa cai em agosto

20 de Outubro de 2017 às 10:44:38

tamanho da letra:

Economia

A produção da Construção caiu em agosto 0,2%, em relação a julho de 2017, na Zona Euro e 0,4% na EU a 28.

Em contraciclo com os resultados da generalidade da Europa, a produção do Setor em Portugal aumentou 0,6 por cento.
De acordo com as primeiras estimativas do Eurostat, face a agosto de 2016, a produção da Construção aumentou 1,6% na área do euro e 3,1% na EU a 28.

Comparação mensal

A quebra mensal de 0,2% deve-se, segundo o organismo de estatística europeu, a uma diminuição de 0,2% na construção de Edifícios e de 0,1% na Engenharia Civil.
Na EU a 28, a queda de 0,4% fica a dever-se à construção de edifícios (-0,6%), posto que a Engenharia Civil cresceu 0,4%.
Entre os Estados-membros para os quais há dados estão disponíveis, as maiores diminuições foram registadas na Suécia (-9,7%), Eslovénia (-3,6%), Eslováquia (-1,4%) e Alemanha (-1,2%), e os maiores aumentos na Hungria (+ 9,8%), Itália (+ 1,8%) e Bulgária (+ 0,9%).

Comparação anual

O aumento homólogo de 1,6% verificado na Zona Euro em agosto de 2017 é, por seu turno, devido ao crescimento de 1,7% da construção de Edifícios e de 0,6% da Engenharia Civil.
Na EU a 28, o aumento de 3,1% resulta tanto da Engenharia Civil (3,6%), como da construção de Edifícios (3,0%).
Os maiores aumentos foram registados na Hungria (+ 36,8%), na Polónia (+ 23,2%) e na Suécia (+ 14,7%). Já as maiores diminuições foram observadas na Itália (-1,1%), Roménia (-0,6%), Bélgica e Espanha (ambos -0,4%).


 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.