22 / Julho / 2017

Sábado

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Economia ver todas os artigos desta secção

Emprego na Construção confirma tendência de recuperação

12 de Maio de 2017 às 11:44:14

tamanho da letra:

Economia

O 1º trimestre de 2017 foi, para o emprego no setor da Construção, o melhor dos últimos cinco anos, confirmando assim a tendência de recuperação que tem vindo a verificar-se na atividade.

Os números do emprego registados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) durante os primeiros três meses deste ano apontam para um número de trabalhadores na construção em redor dos 303,7 mil, revelando um crescimento de 5,6% face ao período homólogo do ano anterior.
De outro lado, o peso do emprego da construção no total da economia cresceu, tendo passado de 6,4% no 1º trimestre do ano passado para 6,5% em igual período de 2017.
Em síntese, os valores agora registados no emprego na Construção indicam uma situação bastante próxima da observada em 2013, altura em que o Setor empregava 300,6 mil trabalhadores (contra 387,7 mil trabalhadores em 2012 e 278,7 mil trabalhadores em 2014) e o peso deste indicador no total da economia era de 6,9% (8,3% em 2012 e 6,3% em 2014).
Recorde-se que, de acordo com as estatísticas do emprego divulgadas pelo INE, a taxa de desemprego baixou 0,4 pontos percentuais para os 10,1% no 1º trimestre de 2017, face ao anterior, e em 2,3 pontos percentuais, face ao trimestre homólogo de 2016. A população desempregada, estimada em 523,9 mil pessoas, registou uma diminuição trimestral de 3,5% (menos 19,3 mil pessoas) e uma diminuição homóloga de 18,2% (menos 116,3 mil), a maior desde o 3º trimestre de 2013.



 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.