22 / Outubro / 2019

Terça

Diretor: José Tomaz Gomes | Editor: AECOPS

Economia ver todas os artigos desta secção

Avaliação bancária com ligeiro aumento em setembro

25 de Outubro de 2013 às 11:43:43

tamanho da letra:

Economia

O valor médio de avaliação bancária situou-se, em setembro, em 1014 euros/m2, correspondendo a um ligeiro aumento (0,1%) face a agosto e a uma diminuição de 1,5% em termos homólogos.

Na Área Metropolitana de Lisboa, a avaliação bancária da habitação registou aumentos de 0,6% e de 0,2% em termos mensais e homólogos, respetivamente, fixando-se nos 1.224 euros /m.
Já na Área Metropolitana do Porto estas variações foram de -0,2% e -2,3%, pela mesma ordem, situando-se aquele valor nos 937 euros/m2.
Segundo o INE, apesar do aumento de 10 euros/m2 observado na região do Alentejo (para um valor médio de avaliação de 915 euros/m2), foi a região de Lisboa, ao passar de 1.217 euros/m2 em agosto para 1.224 euros/m2 em setembro, que “determinou o crescimento em cadeia observado no agregado”.
Em termos homólogos, e com exceção da região de Lisboa e dos Açores, que registaram aumentos de 0,2% e de 6,4%, respetivamente, todas as restantes regiões apresentaram diminuições. A Madeira liderou as quebras, com uma variação de -7,8% (variação de -8,9% em agosto).

Apartamentos mais avaliados

Por tipologias, o valor médio de avaliação bancária dos apartamentos situou-se nos 1.054 euros/m2, mais seis euros (0,6%) do que no mês anterior, refletindo, em particular, os contributos positivos das regiões do Algarve e de Lisboa (variações de 2,1% e de 1,0%, respetivamente).
Quando comparado com o período homólogo, o valor médio de avaliação dos apartamentos no total do País apresentou um decréscimo de 0,8%, igual ao observado em agosto.
Nas moradias, o valor médio de avaliação bancária para o total do país fixou-se em 948 euros/m2, uma redução mensal de 0,6% (aumento de 1,1% em agosto) que traduziu essencialmente as diminuições observadas nas regiões de Lisboa (-0,9%) e do Algarve (-6,0%), para 1.260 euros/m2 e 1.243 euros/m2, respetivamente. Em termos homólogos, o valor médio de avaliação bancária das moradias diminuiu 2,3% para o total do País, com as tipologias T3 e T4 a registarem valores médios de avaliação de 916 euros/m2 e de 948 euros/m2 (menos 7 euros/m2 e menos 3 euros/m2, respetivamente, face a agosto).


 

 

 

 

Comentar

Iniciar Sessão

Nome de Utilizador

Palavra-chave

Se não tem conta,

Registe-se aquiEsqueceu-se da palavra-chave?

Comentar este artigo

Título

Texto

Os comentários deste site são publicados após aprovação, pelo pedimos que respeitem os nossos Termos de Utilização.
O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.
Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.